hanna thame fisioterapia animal
livros do thame

Creche de Fazenda Coutos comemora Dia das Mães com as Voluntárias Sociais

mães 3

A Creche-escola Comunitária São Miguel, no bairro de Fazenda Coutos, teve uma festa de comemoração antecipada do Dia das Mães na unidade em que todos os dias a refeição das 240 crianças é garantida pelas Mulheres Solidárias. O grupo possui 23 mulheres organizadas pelas Voluntárias Sociais da Bahia, todas também homenageadas nesta sexta-feira (12), com a presença da primeira-dama e presidente da instituição, Aline Peixoto.

mães 2 A diretora da creche-escola, Irmã Valdete, fala sobre a importância da parceria entre a instituição e as Mulheres Solidárias, por meio das Voluntárias Sociais da Bahia. “Desde o ano passado, elas vêm contribuindo para o lanche das crianças, que nós não temos como arranjar. Este lanche é a principal refeição dessas crianças durante o dia inteiro. Por isso esta homenagem para as Voluntárias Sociais e para as Mulheres Solidárias é tão importante”.

Segundo a diretora das Voluntárias Sociais, Leila Colangeli, a instituição tem um olhar diferenciado para cuidar da infância. “As ações que são desenvolvidas nas Voluntárias Sociais estimulam a contribuição da sociedade para melhorar a vida de outra pessoa. Esta creche está sendo assistida por essas mulheres, incentivada pelas Voluntárias Sociais, e esta homenagem é o reconhecimento por este trabalho”.

A administradora de empresa Laura Tanuri afirmou que as Mulheres Solidárias atenderam a uma convocação da primeira-dama Aline Peixoto para dar um apoio às Voluntárias Sociais. “Existe uma demanda muito grande para ajuda ao próximo. A partir das demandas, nós nos reunimos e definimos as prioridades dos que estão mais necessitados. A partir daí desenvolvemos ações para ajudar”.

Reforma

No ano passado, parte da creche foi reformada e uma nova área de recreação foi construída para as crianças, com recursos levantados em evento beneficente promovido pelas Voluntárias Sociais. A creche atende crianças de dois a cinco anos, que recebem acompanhamento pedagógico especializado.

Daniele Santos, 33 anos, está desempregada e vê na creche uma oportunidade para o crescimento do filho de três anos. “A educação é a base de tudo. Aqui é importante para ele aprender mais a se dar com as pessoas, se relacionar. Eu me sinto segura, sabendo que vou deixa-lo em boas mãos. A creche é a melhor coisa”. (Fotos: Carol Garcia/GOVBA)

Imprimir Imprimir | Enviar Enviar

Dê seu voto:

Leave a Reply

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
maio 2017
D S T Q Q S S
« abr   jun »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031