hanna thame fisioterapia animal
livros do thame

Archive for maio 14th, 2017

Rui participa de encontro do programa Primeiro Emprego em Salvador

Nesta segunda-feira (15), às 14h, o governador Rui Costa começa a agenda de compromissos da semana no Salão de Atos da Governadoria, no Centro Administrativo (CAB), em Salvador. Na ocasião, será lançado o edital “Bahia na Tela”, destinado à produção audiovisual baiana. A cerimônia aberta ao público contará com a presença do diretor Presidente da Agência Nacional de Cinema (Ancine), Manoel Rangel.

Já na terça-feira (16), às 9h, Rui estará no encontro do programa Primeiro Emprego, com 150 gestores de escolas profissionalizantes, na escola Parque, localizada no bairro da Caixa D’água, em Salvador. Na ocasião, o governador Rui participa do lançamento do Programa Educação Empreendedora promovida pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). No mesmo dia, às 17h, o governador recebe na Governadoria, em visita de cortesia, o Cônsul Geral dos Estados Unidos, James Story.

III Encontro Baiano destaca Sistemas Agrossilviculturais na Mata Atlântica

sistemas agroProfissionais e pesquisadores internacionais e brasileiros de reconhecida competência na área agroflorestal, professores e estudantes de instituições de ensino superior e empresários e produtores rurais do Sul da Bahia e de outras regiões do país vão participar do III Encontro Baiano de Sistemas Agrossilviculturais (EBSAGS). Será de de 5 e 9 de junho na semana dedicada ao Meio Ambiente, cuja data transcorre dia 5.
Em eventos simultâneos como palestras, mesas-redondas, oficinas e Feira do Empreendedor vai acontecer no campus e auditório da Faculdade de Tecnologia e Ciências (FTC), em Itabuna, e no Centro de Treinamento da CEPLAC, no Km 22 da BR-415-Jorge Amado, em Ilhéus.

Com previsão de reunir cerca de 1.000 participantes, a terceira edição do EBSAGS debaterá estratégias de incentivo ao agronegócio e à empresa rural e proporcionará a integração dos participantes com especialistas em sistemas silvipastoris. É também a oportunidade de se reunir a excelência acadêmica e realizar preleções e discussões sobre usos do recurso água e acerca da regularização ambiental das fazendas de cacau e agropastoris.

No momento, as atenções do mundo estão voltadas para as mudanças climáticas, suas consequências e a discussão de ações mitigadoras e a necessidade da conservação ambiental. Mas, desde o século XVIII a Região Cacaueira se beneficia com sistemas agrossilviculturais, a partir do consórcio de culturas agrícolas com espécies arbóreas.
O tradicional cultivo do cacau adotado é o sistema “cabruca” em que mudas são plantadas à sombra de árvores da mata atlântica, após esta ter sido submetida a um raleamento de seu sub-bosque. Isto acontece por causa do sombreamento do cacau, planta de cujas amêndoas beneficiadas se produz o chocolate, que vive nova onda de consumo e experimentação mundial, principalmente com massivo conteúdo de cacau e pouco açúcar na sua formulação.

Read the rest of this entry »

TPI apresenta “Os fuzis da senhora Carrar”

tpiO Teatro Popular de Ilhéus (TPI) anunciou para o próximo dia 27 de maio, às 20h, a estreia de seu novo espetáculo: “Os fuzis da senhora Carrar”, da obra do alemão Bertolt Brecht e com direção de Romualdo Lisboa. A estreia será na Tenda, espaço cultural administrado pelo grupo ilheense e localizado na Avenida Soares Lopes.

“Os fuzis da senhora Carrar” é o primeiro espetáculo da ‘Trilogia da Guerra’, que será apresentada pelo grupo neste ano, ainda com os espetáculos “A mãe coragem e seus filhos” e “A Santa Joana dos matadouros”, todos da obra de Brecht.

O elenco de “Os fuzis da senhora Carrar” contará com: Tânia Barbosa, Pablo Lisboa, Ely Izidro, Takaro Vítor, Márcia Mascarenhas, Cândida Souza e Cabeça Izidoro (também diretor musical). Os ingressos, limitados, já estão sendo vendidos na bilheteria da Tenda e na Papirus Livraria.
Read the rest of this entry »

Rui Costa lança novo edital para produção audiovisual baiana

Incentivar a produção de conteúdos audiovisuais baianos é o objetivo do edital Bahia na Tela que será lançado pelo Governo do Estado, através da TVE, nesta segunda-feira (15), às 14h, no Salão de Atos da Governadoria, em Salvador. A cerimônia aberta ao público contará com a presença do governador Rui Costa e do diretor Presidente da Agência Nacional de Cinema (Ancine), Manoel Rangel.

No mesmo dia a TVE anuncia a exibição de 250 horas de conteúdo audiovisual brasileiro independente inédito na Bahia. São 17 séries de ficção, 19 séries de animação, 48 séries documentais e 10 telefilmes documentários. O conteúdo oferece desde séries de animação e ficção para o público infantil e séries documentais para o público jovem até séries e telefilmes para o público adulto. Entre os conteúdos a serem exibidos na TVE estão seis obras de diretores baianos.

mae RCM

Creche de Fazenda Coutos comemora Dia das Mães com as Voluntárias Sociais

mães 3

A Creche-escola Comunitária São Miguel, no bairro de Fazenda Coutos, teve uma festa de comemoração antecipada do Dia das Mães na unidade em que todos os dias a refeição das 240 crianças é garantida pelas Mulheres Solidárias. O grupo possui 23 mulheres organizadas pelas Voluntárias Sociais da Bahia, todas também homenageadas nesta sexta-feira (12), com a presença da primeira-dama e presidente da instituição, Aline Peixoto.

mães 2 A diretora da creche-escola, Irmã Valdete, fala sobre a importância da parceria entre a instituição e as Mulheres Solidárias, por meio das Voluntárias Sociais da Bahia. “Desde o ano passado, elas vêm contribuindo para o lanche das crianças, que nós não temos como arranjar. Este lanche é a principal refeição dessas crianças durante o dia inteiro. Por isso esta homenagem para as Voluntárias Sociais e para as Mulheres Solidárias é tão importante”.

Segundo a diretora das Voluntárias Sociais, Leila Colangeli, a instituição tem um olhar diferenciado para cuidar da infância. “As ações que são desenvolvidas nas Voluntárias Sociais estimulam a contribuição da sociedade para melhorar a vida de outra pessoa. Esta creche está sendo assistida por essas mulheres, incentivada pelas Voluntárias Sociais, e esta homenagem é o reconhecimento por este trabalho”.

A administradora de empresa Laura Tanuri afirmou que as Mulheres Solidárias atenderam a uma convocação da primeira-dama Aline Peixoto para dar um apoio às Voluntárias Sociais. “Existe uma demanda muito grande para ajuda ao próximo. A partir das demandas, nós nos reunimos e definimos as prioridades dos que estão mais necessitados. A partir daí desenvolvemos ações para ajudar”.

Read the rest of this entry »

A Mãe

 

 

Os olhos tristes e cansados da mãe contemplam o vazio. Um imenso e interminável vazio,  formado por rios, florestas, animais selvagens e décadas de espera.

Os olhos tristes e cansados da mãe se enternecem e adquirem um brilho efêmero ao lembrar do menino carinhoso, do adolescente sonhador e do jovem idealista que,  recém-formado em Medicina, em vez de salvar vidas, se engajou na luta para ajudar a salvar a nação do câncer de uma ditadura brutal.

Os olhos tristes e cansados da mãe se perdem naquela busca que parece interminável, naquela espera que é meramente esperança, do retorno do filho que para alguns se transformou em mártir de uma batalha perdida e herói de  uma causa justa, mas que para ela é apenas um filho cuja ausência rasga o coração.

Os olhos tristes e cansados da mãe, olhos de tantas e infrutíferas buscas no Araguaia, sepultura invisível de seu filho, miram os céus, décadas e décadas de saudade, de uma ferida que insiste em não cicatrizar, como que a procura de um sinal.

Mas até a infinitude dos céus é engolida por aquela mata fechada, com seus fantasmas e mistérios, que devorou filhos, filhas, pais, mães, amigos numa guerrilha ainda não devidamente absorvida pela memória coletiva, travada que foi nos confins do Brasil profundo.

Dos  céus, não vêm sinal algum.

Os olhos tristes e cansados da mãe só não perderam a esperança, porque esperança de mãe é como a chama eterna, que nem a dor da perda do filho querido consegue apagar.

Os olhos tristes e cansados da mãe esperam por um fiapo de corpo que seja, um punhado de ossos, que reconstruídos numa história de vida, resgatem a memória de quem foi para nunca mais voltar.

O que a mãe deseja, com seus olhos tristes e cansados, é poder sepultar o que restou do filho.

Para então, descansar em paz, e talvez, se reencontrar com ele numa dimensão que os olhos não alcançam,  mas que o amor e a fé de mãe tem certeza de que existe.

 (conto extraído do livro ´A Mulher do Lobisomem”, Daniel Thame, editora Via Literarum)

mãe do buzu

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
maio 2017
D S T Q Q S S
« abr   jun »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031