hanna thame fisioterapia animal
livros do thame

Archive for maio 9th, 2017

“O santo e a porca” no Teatro Municipal de Ilhéus

sporcaO espetáculo “O santo e a porca”, um dos clássicos do dramaturgo, escritor e poeta paraibano Ariano Suassuna, será apresentado nesta sexta-feira, 12, a partir das 20 horas, no Teatro Municipal de Ilhéus. “O santo e a porca” será remontagem pela Cia. Acordada de Teatro, sob a direção de Ivana Nístico. Os ingressos custam R$ 20 (inteira) e R$ 10.

Com indicação ao prêmio Brasken-2017, “O santo e a porca” retrata o cotidiano de uma família tradicional do interior do sertão brasileiro, com trama costurada em sequência de acontecimentos cômicos e muitas reviravoltas.

De acordo com a produção do espetáculo, os personagens representam diferentes classes sociais e existe critica a vida difícil do nordeste do Brasil. O tema gira em torno da avareza, pois o impasse se dá quando o protagonista, o velho Euricão Arábe, pensa que irá perder todo o dinheiro que guardava numa porca de madeira.

O Santo e a Porca  tem ainda a participação de Caroba, preparação vocal de Lucas Moreira, ator que dá vida a Eudoro, e ainda: Eloah Monteiro como Benona, Larissa Paixão como Margarida, Martin Pigni como cozinheiro e sonoplasta, Pedro Ivo Carelli como Dodó, Ed Paixão como Euricão Arábe e Mateo Crevatin como Pinhão.

Com ingressos a preços populares, Gal cantará grandes sucessos em show que marcará aniversário da Concha

gal costaNo repertório do show que a cantora Gal Costa fará no próximo sábado (13) para marcar o primeiro aniversário de reabertura da Concha Acústica do Teatro Castro Alves, estarão grandes sucessos da sua carreira e clássicos da MPB, como Pérola Negra, Meu nome é Gal, Não Identificado,Vingança, Os Alquimistas Estão Chegando. Além disso, a cantora traz para o público as novidades do seu novo trabalho Estratosférica, celebrado pela crítica de todo o país.

O espetáculo terá abertura de Nara Gil, com o projeto Janela Baiana, e Márcia Castro. Quem adquiriu o ingresso para o show que aconteceria no dia 28, mas foi cancelado devido à convocação para a greve geral será reembolsado. Se o ticket foi comprado no site de vendas Ingresso Rápido, a devolução (www.ingressorapido.com.br), o reembolso se dá através de estorno no cartão bancário. No mesmo site, pode ser feita a compra de ingresso para o espetáculo de sábado, pelos valores acessíveis de R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia-entrada). Qualquer dúvida, entre em contato com a Central de Vendas da Ingresso Rápido – 11 3003.0595

Já quem comprou o ingresso na bilheteria do Teatro Castro Alves, deverá ir pessoalmente ao local para ser reembolsado, onde também poderá comprar o ticket para a nova data do show. No caso de compra de meia-entrada de estudantes, o acesso ao local do show só será possível através da apresentação da Carteira de Estudante, conforme a Lei Federal 12.933 de 2013.

Atualizações e homenagens na Semana de Enfermagem da Santa Casa

enfe 2Marcado pela comemoração do Dia do Enfermeiro (12 de maio) e Dia do Técnico de Enfermagem (dia 20), o mês de maio tradicionalmente registra uma série de homenagens aos profissionais da equipe de Enfermagem, considerada o coração da assistência hospitalar. Na Santa Casa de Itabuna, a Semana de Enfermagem é o momento de atualizações técnicas e de troca de conhecimento, evento que traduz ainda homenagem e reconhecimento a estas categorias profissionais.

Ainda na noite desta segunda-feira (8), a abertura do evento foi realizado no auditório Paulo Bicalho, com duas palestras: “Ética e sigilo profissional”, ministrada pela psicóloga Eneila Cerqueira; e “Protocolo de Segurança do paciente”, ministrado pela enfermeira Alessandra Araújo, da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (SESAB). “A escolha do tema central da Semana de Enfermagem, ‘Compromisso da enfermagem com a vida: ética e segurança do paciente’ é bastante atual e uma demanda real para quem faz o cotidiano da assistência”, declarou a enfermeira e Gerente de Enfermagem do Hospital Calixto Midlej Filho, Ana Paula Carqueija.

enfe 1Já nesta terça-feira (09), a programação está concentrada no Hospital São Lucas, e contou com a realização de dois mine-cursos. Pela manhã, a enfermeira Larissa Nunes, ministrou o tema “Cuidados na Administração de Medicamentos”. “Foi uma atualização muito boa e todos gostaram muito. Ainda durante a tarde de hoje, teremos o segundo mine-curso ‘Prevenção de Broncoaspiração, Oxigenação de alto fluxo’, com o fisioterapeuta Anderson Reis”, detalhou a coordenadora de Enfermagem do Hospital São Lucas, Sayara Aragão.

A programação segue nesta quarta e quinta-feira, sendo no dia 10, no auditório do Hospital Calixto Midlej Filho, mine-cursos com os temas “Mitos e Verdades na prevenção de Úlcera por Pressão (UPP)”, e “Cirurgia Segura”; e no dia 11, o mine-curso ALSINHO, com a enfermeira Renata Marques, no auditório do Hospital Manoel Novaes.  “Renovar o conhecimento e socializar boas práticas são metas do evento tão importantes quanto reconhecer e valorizar a equipe de enfermagem dentro de um hospital. Parabéns a todos os enfermeiros”, declarou Ana Paula Carqueija.

Indústria baiana cresce em maio

bahiaRelatório do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) aponta crescimento da produção industrial baiana no comparativo de fevereiro com março deste ano. Crescimento de 2%. Foi o segundo melhor desempenho para este período em todo o país, ficando atrás do Amazonas (5,7%).

O crescimento registrado agora foi um “refresco” para o desempenho dos últimos meses. No primeiro trimestre, a queda na produção industrial baiana atingiu 4,3%, puxado pelos setores de coque, metalurgia e derivados de petróleo e biocombustíveis.

A perda chega a 8,3% no acumulado dos últimos 12 meses, ainda segundo o IBGE. Quando comparado o desempenho de março de 2017 com igual período do ano passado, a queda chega a 7,8%.

Uesc debate inovação e empreendedorismo

nit uescUm espaço de discussão e compartilhamento de ideias sobre empreendedorismo, inovação, ciência e tecnologia. Assim foi o II Wibtec, o workshop sobre Incubadoras de Base Tecnológica, promovido pelo Núcleo de Inovação Tecnológica da UESC que ocorreu entre os dias 25 e 27 de abril.

O evento contou  debates e trocas de conhecimentos resultantes de suas pesquisas e experiências para partilhar com todo o público. Foram apresentadas oficinas, palestras e mesas com diferentes informações e óticas sobre inovação e empreendedorismo.

Paulo Lemos,  especialista nos temas inovação e empreendedorismo e mentor de diversas empresas, abordou sobre a importância do estudo  constante e contínuo acerca do empreendedorismo  quando se almeja efetivar qualquer tipo de projeto “Qualquer coisa que você for empreender, procure buscar qualidade no que você está fazendo, estudando, ampliando os seus conhecimentos”.

Bruno Dreher contextualizou sobre a busca do que ainda é inexplorado, sobre a necessidade inovação e criação dentro do contexto empreendedor “O objetivo não é trazer respostas, é procurar novos desconhecidos, e o desconhecido talvez seja uma grande chave para a gente criar novas coisas, e criar novas coisas é parte do empreendedorismo. Temos que desmistificar esse monstro que é o empreendedorismo, esse monstro que é a criatividade”.

 

Conflitos de terra no Brasil mataram mais do que guerras, denuncia geógrafo

terras(Brasil de Fato)-“Morreu mais gente em conflitos de terra do que em todas as guerras que o Brasil participou”. A afirmação é do professor de Geografia Agrária da USP (Universidade de São Paulo), Ariovaldo Umbelino. Ele participou como palestrante do seminário “O aumento da Miséria no Brasil”, durante o último dia da 2ª Feira Nacional da Reforma Agrária, em São Paulo (SP). A atividade também contou com a presença do mestre em Geografia Delwek Matheus, da coordenação nacional do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST).

As projeções de Umbelino para os próximos anos são desoladoras para o povo do campo. A previsão é de que os conflitos e a violência aumentem cada vez mais, como sugerem os dados do Caderno de Conflitos no Campo da Comissão Pastoral da Terra (CPT). “Os assassinatos cresceram bravamente, saindo em torno de 26 ou 27 trabalhadores assassinados em 2005 para no ano passado 61 trabalhadores. E 61 é mais do que um trabalhador assassinado por semana, e vocês não ficam sabendo de nada, porque a tevê brasileira não divulga”, comenta ele.

Durante o seminário foram lidos os nomes de camponeses assassinados nestes últimos dias, no Pará, Kátia Matins e Eduardo Soares Costa. Os dois crimes ocorreram em menos de 24 horas.

Para o coordenador nacional do MST, Delwek Matheus, os dados reforçam a importância de se fazer a reflexão sobre a reforma agrária popular como uma luta de toda sociedade contra a lógica capitalista do agronegócio. “A reforma agrária não é uma questão só dos camponeses, mas sim de projeto da sociedade brasileira. Ela tem que ter esse caráter popular de luta de classe. Porque a classe trabalhadora como um todo dependeria de mudança estrutural no Brasil. Uma delas seria a reforma agrária, nessa perspectiva de distribuir meios de produção, riqueza, oportunidade para população brasileira”, explica ele.

Matheus criticou ainda o modelo adotado pelo governo brasileiro, nos anos de 1980/1990, época em que a globalização ganhava escopo e projeção, que foi o “nascimento” do agronegócio, que organiza a agricultura a seu modo e exclui o camponês do processo produtivo e pratica uma agricultura não sustentável: “O agronegócio organiza a agricultura sem a necessidade do camponês. Sua agricultura de ‘precisão’, que não depende de mão-de-obra do camponês, a transgenia, a pulverização aérea de venenos. Isso gera um grau de empobrecimento da classe trabalhadora que depende do campo”, afirma ele.

Read the rest of this entry »

Itabuna: subtenente da PM morre após contrair bactéria

Luana

O 15o. Batalhão da Policia Militar em Itabuna emitiu nota lamentando o falecimento da subtenente Glacyluana Araujo Oliveira, de 39 anos,  ocorrido por volta das 6 horas da manhã desta terça-feira, 09. Glacyluana estava lotada no 15º BPM e integrava a corporação há 18 anos. Segundo o comando-geral da PM, a policial apresentava quadro de saúde debilitado há, pelo menos, 10 dias, após contrair infecção provocada por  bactéria.

Luana, como era mais conhecida, estava internada desde a tarde de ontem (8), no Hospital São Lucas, em Itabuna, com infecção na garganta, que se agravou, e ela não resistiu, devido ao alto nível de leucocitose (aumento da taxa sanguínea de leucócitos acima do limite superior da normalidade). A subtenente foi diagnosticada com uma leucemia aguda.

O velório está ocorrendo no SAF, desde às 10hs, e o sepultamento ocorrerá às 16hs, no cemitério Campo Santo, em Itabuna.

Jequié: crianças da rede municipal recebem ´mochilas gigantes`

mochilão 1

Uma situação inusitada ocorreu em Jequié, no Sudoeste da Bahia, A prefeitura local entregou kits escolares para alunos do ensino básico da rede municipal de ensino contendo mochila, estojo, lápis, caneta e borracha. Quando as crianças  menores foram experimentar os novos acessórios, a constatação: aparentemente, a aquisição não foi feita especificamente para os alunos  mais novos que literalmente “cabem” nas mochilas.

Redes sociais criam `memes`: mochilas/paraquedas

Redes sociais criam `memes`: mochilas/paraquedas

O tema virou hit nas redes sociais e a foto das crianças com as mochilas gigantes já foi compartilhada em grupos do Facebook. “Vocês que não entenderam. Mochila para crianças é na verdade mochila para guardar crianças”, disse uma internauta. Em outro comentário foi dito que  “acho que era para botar as crianças dentro com a cabecinha para fora e alguém levar, porque não é possível”.

O secretário de Educação de Jequié, Roberto Gondim, minimizou o tamanho um tanto quanto desproporcional das mochilas entregues a crianças da rede pública de ensino municipal. De acordo com Gondim, a licitação para compra das mochilas foi fechada antes do término das matrículas e, por isso, o tamanho precisou ser padronizado, o que acabou não contemplando crianças menores. “Tivemos que fazer a licitação antes do quantitativo da matrícula. Mas nenhuma criança de creche vai sozinha para lá. Os pais sempre levam elas, eles que carregam as mochilas”, afirmou ao Bahia Notícias. (com informações do Giro de Ipiaú)

Vigilância e Mobilização

Por Cedro Silva

greve

No dia 28 de abril, a classe trabalhadora realizou no país, a maior greve geral dos últimos tempos.

Partidos da direita, aliados do capital, setores do judiciário, Ministério Público, Polícia Federal e a grande mídia, se aliaram para derrubar um governo eleito de forma legítima e democrática que representava o projeto nacional da classe trabalhadora; para constituir um governo usurpador e golpista, assentado numa grande farsa e mentira contada a população, de que tal ação; seria necessária para tirar o país da crise econômica na qual se encontra.

O contraditório dessa história contada, é que vivenciamos um governo que só possui 4% de aprovação popular e é responsável pelo cenário de desemprego no país, a estatística é alarmante: já somos mais de 14 milhões de trabalhadores desempregados em todo o Brasil.

Durante mais de um ano, a classe trabalhadora vem sofrendo as ações do golpismo, o desemprego só aumenta, a economia não melhora e o congresso segue aprovando projetos que retiram direitos trabalhistas, precariza o trabalho, rasga a CLT e acaba com a previdência social.

Neste sentido, a CUT Bahia, orienta as suas entidades filiadas a permanecerem em estado de vigilância e mobilização, como continuidade da greve geral do dia 28 de abril. Temos algumas saídas para enfrentar o governo do golpe e suas ações nefastas contra classe trabalhadora e o país: lutar por eleições diretas, eleger Lula em 2018 e aprovar uma Constituinte para que  anule todas as medidas antinacionais e contrárias ao povo trabalhador, já adotadas pelo Congresso golpista.

Cedro Silva é presidente da CUT Bahia

Ilhéus: moradora da Suíça tinha imóvel do Minha Casa Minha Vida

A Prefeitura de Ilhéus emitiu nota oficial declarando que ela e a Caixa Econômica Federal descobriram várias irregularidades no cadastro do programa Minha Casa Minha Vida envolvendo ex-secretários.

Foram beneficiadas pessoas que estavam fora do perfil do programa, que é destinado à baixa renda, através de um esquema fraudulento colocado em prática às vésperas da eleição.

Na lista tem gente que já possui residência, empresários, servidores públicos, parentes de chefes e secretários. Entre os beneficiados estava a esposa de Kácio Brandão, que sucedeu Jamil Ocké. Os dois estão presos por corrupção.

Inúmeros servidores comissionados, com salários acima do permitido, ganharam imóveis. Existe o caso de uma mulher, que mora na Suíça, ganhou um apartamento e emprestou para um parente morar.

Um documento mostra que, para doar um terreno público à Paróquia São Francisco, foi exigida a inclusão de um nome na lista de beneficiados. A doação foi assinada pelo então prefeito em exercício, Carlos Machado.

Para Rui Costa, modernização da Concha é um marco no projeto de valorização da cultura baiana

concha rUm dos espaços mais queridos dos baianos e turistas, a Concha Acústica do Teatro Castro Alves comemora, no próximo sábado (13), um ano de reabertura. A Concha passou por uma grande reforma que a colocou de volta no cenário cultural do país. As obras físicas e a aquisição de novos equipamentos resultaram de um investimento de R$ 90 milhões do Governo do Estado, que assegurou um amplo processo de revitalização e modernização, possibilitando mais conforto, comodidade e acessibilidade para o público e artistas.

Um dos destaques do projeto foi a introdução de novas tecnologias na sonorização e iluminação, que enriqueceram ainda mais a qualidade dos espetáculos. As arquibancadas, que têm capacidade para cinco mil pessoas, foram recuperadas. A Concha ganhou ainda novos camarotes e camarins, além da passarela técnica, que ganhou esse nome por conta do formato plano e de fácil acesso. Novas instalações também foram construídas: uma casa de máquinas, estacionamento de cinco pavimentos com capacidade para 300 veículos.

Com a casa renovada, o público tem marcado presença em espetáculos de diferentes estilos. Ao longo dos últimos 12 meses, mais de 240 mil pessoas foram à Concha para assistir a 66 espetáculos. Com média de 3,6 mil pessoas por evento, muitas dessas apresentações tiveram capacidade máxima de público.

Para o governador Rui Costa, a reabertura da Concha foi um marco importante para o Governo do Estado, que nos últimos anos vem promovendo a valorização da cultura, em suas diversas formas de expressão. “O Estado tem investido tanto em equipamentos quanto em ações de valorização da arte e cultura baianas. É com muito orgulho que comemoro esse aniversário da Concha, um equipamento emblemático para o povo baiano e, mais especialmente, para Salvador, por onde passaram artistas dos mais variados estilos”, afirmou.

Na avaliação do secretário de Cultura, Jorge Portugal, o balanço do primeiro ano de funcionamento da Concha Acústica é muito positivo. “Com sua reabertura, a Concha voltou a ser o desejo de dez entre dez artistas. A programação sempre atrai um grande volume de espectadores, o que expressa a falta que o público e artistas sentiam do espaço”, ressalta Portugal.

 

Embora tenha passado por uma profunda intervenção, a característica marcante da Concha foi mantida. O formato original em semiarena a céu aberto foi preservado, mas a lona especial tensionada, fixada em estruturas metálicas, que cobre o palco e a parte plana superior da plateia, foi retirada.

Em seu lugar, foi instalada a passarela técnica, a principal inovação do projeto – uma plataforma elevada sobre a cobertura do palco, criada para facilitar a montagem dos shows e contribuir para a formação de profissionais em engenharia do espetáculo, permitindo muito mais possibilidades cênicas.

A arquibancada e o ‘diamante’, como é designado a estrutura do palco, são originais dos anos 50 – tombados nacionalmente como arquitetura moderna – e foram conservados. “Mas o entorno mudou muito, cresceu bastante, pois um dos maiores investimentos que fizemos foi em tecnologia”, ressalta Moacyr Gramacho, diretor do complexo cultural do Teatro Castro Alves.

Nascer do sol no litoral norte, Ilhéus, Bahia (foto Maria Thais Alvim)

Nascer do sol no litoral norte, Ilhéus, Bahia (foto Maria Thais Alvim)

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
maio 2017
D S T Q Q S S
« abr   jun »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031