hanna thame fisioterapia animal
universidade lasalle livros do thame

Archive for abril 19th, 2017

Polícia Civil prende 21 criminosos em Camacã

Uma operação deflagrada pela Delegacia Territorial (DT), da cidade de Camacan, distante 525 quilômetros de Salvador, para combater ao tráfico de drogas, homicídios e roubos naquela região, já resultou na prisão de 21 criminosos e na apreensão de drogas e dinheiro, até a manhã desta quarta-feira (19).

O delegado Francesco Denis Santana, titular da DT/Camacan, informou que as diligências estão em andamento e visam cumprir 30 mandados de busca e apreensão e de prisão.          Até o momento foram apreendidos 13 celulares, notebooks, documentos de veículos, anotações do tráfico, cartões de banco, pen drives, folhas de cheques com valores entre R$ 550 e R$ 1,1 mil, a quantia de R$ 7,45 mil, em espécie, e uma espingarda de cano serrado, municiada.

Os presos já foram encaminhados ao sistema prisional. Além da equipe da DT/Camacan, participam da ação os efetivos da 6ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Itabuna), 7ª Coorpin/Ilhéus, 23ª Coorpin/Eunápolis, Departamento de Polícia do Interior (Depin) e Superintendência de Inteligência (SI).

Entre os presos estão Edilson Rocha de Carvalho, Heberth Gomes Santos, o ‘Rebe’, Sávio Nascimento Leal, Sônia de Jesus Santos, Thacizio Victor Macedo Mota, Fábio Tarcísio Esteves Figueredo, o ‘Fábio Cabeção’, Almir Andrade dá Silva, o ‘Bureco’, Karen Laís Jesus Monteiro, Paulo Ricardo Santos Rezende, o ‘Paulinho’, preso em Porto Seguro, Josevaldo Gomes Santos, Marcos Ricardo Santos Rezende, o ‘Galego’, José Benício de Jesus da Silva, Herlan de Assis Silva, Cassiano Souza Santos, Erenilson Flora dos Santos, o ‘Paulista’, Erivelton Moreira Resende, o ‘Bolo’, Welisson Oliveira Silva, o ‘Nego Leo’, Leonardo da Silva Nascimento, o ‘Dadinho’, David de Jesus Araújo, Givanildo Santos da Silva e Gilenildo Santos Silva.

Estado capacita prefeitos para captação de recursos através do Plano Plurianual

ppa 1

A Bahia possui 417 municípios, distribuídos pelas mais diversas regiões e onde vivem 15 milhões de pessoas. Com características geográficas, culturais e econômicas diferentes, cada um desses municípios precisa de políticas públicas específicas para atender às demandas dos moradores. Para que as prefeituras possam elaborar projetos que se transformem em políticas publicas eficientes, o governador Rui Costa participou do seminário ‘Planejamento, Cenário e Oportunidades para o PPA Municipal 2018-2021′ nesta quarta-feira (19), no auditório da União dos Municípios da Bahia (UPB), em Salvador.

ppa 2O evento, destinado a prefeitos e gestores municipais, foi promovido pela Secretaria do Planejamento do Estado (Seplan), em parceria com a Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) e a UPB. Na ocasião, Rui destacou que é preciso haver um alinhamento entre as prioridades do governo federal, estados e municípios. “O PPA [Plano Plurianual] serve para isso. É um planejamento de quatro anos, para que se possa alinhar os projetos dos municípios com as possibilidades dos governos estadual e federal. Por isso é importante a gente capacitar os prefeitos e os gestores e alinhar os esforços, concentrando prioridades”.

Rui acrescentou a necessidade de modernizar os atores econômicos locais para a construção de ações e iniciativas que garantam o desenvolvimento da Bahia. “Neste sentido, o vice-governador e secretário do Planejamento, João Leão, está percorrendo a Bahia com uma caravana, discutindo quais são as prioridades para cada uma das regiões”.

Diversidade

Prefeito de Filadélfia, na região centro norte da Bahia, Lourivaldo Pereira Maia descreve as características do município e diz que o seminário vai ser produtivo. “Nossa região tem como característica a caatinga. Nós estamos no semiárido e temos falta de água, de chuva e de emprego. Esse seminário vai nos orientar para que fiquemos alinhados com as políticas públicas estaduais e federais e que podemos levar água, gerar renda e desenvolvimento para o nosso município”.

Segundo o prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, a região sul é carente, mas tem grande potencial turístico. “Com este seminário, nós podemos programar nossos projetos de acordo com as características da região e alinhados com as possibilidades oferecidas pelos governos estadual e federal. A gente fica feliz quando tem um apoio como este para planejar as ações que serão desenvolvidas para o nosso povo durante quatro anos”.

ppa 3De acordo com João Leão, o Governo do Estado está com uma agenda territorial (Ageter) de desenvolvimento econômico, baseado nas características de cada um dos territórios. “Nós queremos que o PPA seja um complemento dessa agenda territorial, para levar o desenvolvimento a todos os municípios da Bahia. Nós iremos a todos os territórios. Iniciamos pelo Baixo Sul e, na próxima semana, vamos ao Nordeste 2, no semiárido”.

Situação econômica

No evento, o governador comentou também que o país não está vivendo um período de fartura. “Estamos enfrentando o período mais difícil do ponto de vista econômico e político. Esta é a maior crise vivida nos últimos 60 anos. O país nunca tinha vivido dois anos seguidos de PIB negativo e isso aconteceu em 2015 e 2016”.

Da acordo com Rui, o Governo do Estado está desenvolvendo diversas ações estruturantes para prevenir os efeitos de crises como a atual no futuro. “Nós concluímos, por exemplo, o cadastro do Mais Futuro para apoiar os jovens que estão matriculados em uma das quatro universidades do Estado. Cada aluno vai receber uma bolsa de R$ 300 se morar a até 100 quilômetros de onde estuda e R$ 600 se for a mais de 100 quilômetros. Também resolvemos centralizar os estágios de nível superior, estamos oferecendo 2,5 mil vagas e já passamos de 9 mil inscritos”. (Fotos: Manu Dias/GOVBA)

Itacaré quer Bicho Caçador como patrimônio cultural imaterial da Bahia

bicho 2Por solicitação do prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, e do secretário municipal de Juventude, Esporte e Cultura, Diego Augusto, representantes do Instituto do Patrimônio Histórico e Cultural da Bahia (Ipac) visitaram o município para acompanhar as obras de reforma da Igreja de São Miguel e analisar a viabilidade de transformar a manifestação cultural Bicho Caçador como um patrimônio cultural imaterial da Bahia. Também foi discutida a viabilidade de tombamento conjunto ou isolado de prédios antigos, transformando ruas de Itacaré num verdadeiro centro histórico.

Durante a visita o assessor institucional do Ipac, André Reis, e o diretor de projetos, obras e restauro, Felipe Musse, foram acompanhados pelo vice-prefeito Genilson Souza, e pelos secretários Diego Augusto e Ademar Sá, de Desenvolvimento Urbano, que apresentaram detalhes tanto dos prédios históricos da cidade, como também da história e da tradição do Bicho Caçador. Eles também relataram aos técnicos do Ipac a importância da transformação dessa manifestação cultural como patrimônio cultural imaterial da Bahia, como forma de garantir a preservação da tradição e pela valiosa contribuição à cultura popular que o Bicho Caçador pode trazer para a Bahia. Na oportunidade, também visitaram o Centro Cultural do Porto de Trás, onde foram discutidos projetos para o local.

bicho 1De acordo com os moradores de Itacaré, a lenda do Bicho Caçador começou a muitos anos quando um homem saiu para caçar e depois de andar muito ficou com sede e foi beber água no rio. Ao se agachar na margem avistou dois bichos  enormes e com medo pegou o facão e a espingarda e começou a brigar com eles. Foi descendo o rio numa luta árdua e tempo depois conseguiu matar os bichos. Ao chegar à cidade contou a história. Desde então a comunidade quilombola do Porto de Trás festeja o mito do bicho caçador nos dias 1º, 26 e 31 de janeiro.

 

Meliá Hotels na WTM Latin America 2017

melia sp

Com o objetivo de fechar novos negócios e promover não apenas os hotéis da rede em São Paulo, Brasília, Campinas, Pernambuco e Rio de Janeiro sob as marcas Meliá Hotels & Resorts, TRYP by Wyndham e Gran Meliá Hotels & Resorts, mas também o programa de fidelidade MeliáRewards e as novas aberturas internacionais e no Brasil, a Meliá Hotels InternationalBrasil participou da 5ª edição da WTM Latin América, realizado no Expo Center Norte, em São Paulo. A feira, voltada para os profissionais de turismo, aconteceu em paralelo ao 47º Encontro Comercial Braztoa – Associação Brasileira de Operadoras de Turismo – uma das organizações mais importantes do país neste segmento.

A feira faz parte do portfólio da Reed Travel Exhibitions, que também inclui a World Travel Market London, a Arabian Travel Market e a World Travel Market Africa.

 

Estudantes celebram a cultura e as tradições dos povos indígenas

 

esco 1As es­colas in­dí­genas da rede es­ta­dual de en­sino da Bahia re­a­lizam ações alusivas ao Dia do Índio, comemorado nesta quarta-feira, 19 de abril. Com uma pro­gra­mação vol­tada para a va­lo­ri­zação dos sa­beres, da cultura e das tradições dos povos indígenas, os es­tu­dantes das 26 unidades escolares indígenas da rede estadual par­ti­cipam de atividades culturais e jogos. Atualmente, a rede atende a 6.345 estudantes indígenas, de 16 etnias, de 134 comunidades, com escolas em 14 municípios baianos.

No Colégio Estadual Capitão Francisco Rodelas, na Aldeia Tuxá, no município de Rodelas, o dia está sendo marcado pela culminância do projeto anual da Feira Cultural que, desta vez, traz como tema a sustentabilidade e as belezas do Rio São Francisco, considerado o opará (divindade dos rios e das cachoeiras) dos povos indígenas. “Nosso objetivo com a documentação e pesquisa sobre as vivências culturais do povo Tuxá e a sua relação com o Velho Chico, bem como as discussões sobre sustentabilidade, é o de afirmar e valorizar a cultura e a identidade Tuxá, conscientizando as comunidades escolar e local sobre a importância do rio para o nosso povo”, explica a diretora Mayra Apako Tuxá.

Já no Colégio Estadual Indígena José Zacarias, na aldeia Kiriri Pau Ferro, no município de Banzaê, os estudantes participam de atividades desde às 5h da manhã, com uma programação cultural de suas tradições que prossegue até às 22h30. No Colégio Estadual Indígena de Corumbazinho, no município de Prado, a comunidade escolar realiza ações esportivas, com a participação de outras unidades, como a Escola Estadual Indígena Aksã Pataxó e os colégios estaduais indígena Bom Jesus, 25 de Julho e Tawá.

Read the rest of this entry »

UESC lança aplicativo para ajudar a preservar o meio ambiente

coruja 2

O aplicativo “Coruja” lançado pelo projeto de extensão Vivências Interdisciplinares em Direitos Socioambientais (VIDA), da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), oferece a possibilidade participar ativamente da proteção do meio  ambiente.

coruja 1Segundo o coordenador do projeto o professor Guilhardes de Jesus Jr, “o Coruja vai auxiliar o usuário fazer denúncias, identificar infrações e propor soluções que possam contribuir para proteção do meio ambiente em sua cidade. Os integrantes do Projeto Vida, do Departamento de Ciências Jurídicas da UESC, idealizaram o CORUJA, um aplicativo fácil de baixar e mais fácil ainda de usar.”

“Além de acompanhar o usuário nas suas denúncias, ele o levará a conhecer um pouco mais sobre meio ambiente e leis ambientais de forma interativa e divertida. Essa será uma das formas para, juntos, tornar a vida mais sustentável,” explicou o professor, durante o lançamento do aplicativo, na Reitoria, com a presença da reitora Adélia Pinheiro.

Read the rest of this entry »

Rui prestigia formandos em certificação do Programa Jovem Aprendiz

jovem 2Depois de passarem por dois anos de experiências com o mercado de trabalho, mais de 60 jovens baianos receberam a certificação do Programa Jovem Aprendiz, nesta quarta-feira (19). Iniciativa das Voluntárias Sociais da Bahia (VSBA), presidida pela primeira-dama Aline Peixoto, o projeto promove capacitação profissional na prática e conhecimentos teóricos sobre o mercado de trabalho. Na cerimônia de entregas dos certificados, realizada no auditório da Secretaria de Infraestrutura da Bahia (Seinfra), em Salvador, o governador Rui Costa parabenizou os jovens, que foram ao evento acompanhados de suas famílias.

De acordo com Rui, esta oportunidade figura como um grande incentivo para a juventude baiana. “Essa chance de se inserir no mercado de trabalho é fundamental para estes jovens, que em sua maioria são da periferia. Agregamos a esta iniciativa das Voluntárias o programa Primeiro Estágio, Primeiro Emprego, que visa a contratação de oito mil jovens com carteira assinada este ano, além dos demais programas do Governo para suporte aos alunos de ensino superior, com bolsas de estudo e vagas de estágio. Inclusive, as vagas de estágio para alunos de universidades estaduais estão com inscrições abertas até 2 de maio”, ressaltou.

Agora com os certificados de jovem aprendiz, a turma do biênio 2015-2017 está preparada para o mercado de trabalho, com dois anos de experiência com carteira assinada. Muitos deles já conseguiram, por conta da capacitação, uma vaga de emprego.

Read the rest of this entry »

“A Farsa: ensaio sobre a verdade”. A história não contada do Massacre de Eldorado dos Carajás

Com registros de apresentações e andanças do grupo, entrevistas com sobreviventes do massacre, ações em acampamentos do movimento de luta pela terra, entrevistas com jovens assentados e muitas memórias, a Companhia Estudo de Cena apresenta uma “A Farsa: ensaio sobre a verdade”, que conta a versão de quem foi diretamente atingido pelo Massacre de Eldorado dos Carajás, uma web-série que relata outras facetas da história do Brasil, muitas vezes ignoradas pelos livros de história. Uma oportunidade de conhecer um pouco mais sobre o tema, sobre os conflitos sociais sempre latentes e sobre este grande massacre que entrou para a história mundial.

massa 1Conhecida por sua intensa pesquisa e militância, a Companhia Estudo de Cena pretende levar a público através de uma web-série a história de quem esteve presente e até hoje sofre com as consequências do que ficou conhecido como o Massacre de Eldorado dos Carajás. Através de uma grande imersão no tema e de uma série de apresentações realizadas em momentos especiais e locais emblemáticos, a Companhia registrou fatos e memórias importantes para apresentar a ótica de quem está diretamente relacionado a este que é um dos marcos históricos do Brasil e do mundo, no que diz respeito a luta por terra.

A web-série A farsa: ensaio sobre a verdade é a continuidade da pesquisa da Estudo de Cena que une experimento de linguagem com o tema da memória e violência social no Brasil. A Companhia se debruçou sobre toda a história do Massacre de Eldorado dos Carajás, foi de encontro aos sobreviventes, realizou uma jornada de apresentações em lugares marcantes e agora apresenta à população todo o resultado dessas vivências, que tem como maior objetivo demonstrar outras facetas da história do Brasil e a visão de quem esteve e foi afetado diretamente pelo Massacre. Visões estas, que muitas vezes passam desapercebidas ou até ignoradas pelos livros de história.

massa 2A série é composta de 21 episódios de aproximadamente 05’ cada, que serão lançados em ações públicas, acompanhados de apresentações teatrais do grupo. Simultaneamente, os episódios serão disponibilizados na internet via canal do Youtube, para que a população possa acompanhar e conhecer um pouco mais desta história. O lançamento dos episódios serão realizados em 09 cidades diferentes do estado de São Paulo e o público terá acesso a muitas histórias, memórias e fatos intrigantes.

A Estudo de Cena desenvolve ações de audiovisual desde 2005 e a partir de 2010 iniciou a pesquisa com a linguagem teatral. No ano de 2012 o grupo montou o espetáculo de rua A farsa da justiça (adaptação do texto de Sérgio de Carvalho – Cia do Latão), que narra o julgamento fictício de um sobrevivente real do massacre de Eldorado dos Carajás, Inácio Nascimento, que se fingiu de morto para salvar a própria vida.

O fato que ficou mundialmente conhecido como O Massacre de Eldorado dos Carajás, ocorreu em 1996 na estrada PA-150, no sul do estado do Pará. No dia 17 de abril daquele ano um grupo de trabalhadores sem terra interditou a estrada em um ato pela defesa da reforma agrária. A polícia militar agiu com extrema violência, matando oficialmente 19 trabalhadores e deixando 71 feridos. Entre os feridos estava Inácio Nascimento, que se fingiu de morto, foi jogado no caminhão dos corpos e se revelou vivo apenas quando chegou no Hospital de Eldorado dos Carajás. Posteriormente 02 feridos faleceram, totalizando 21 mortos. O dia 17 de abril se tornou então a data mundial da luta pela terra e por este motivo, a série será lançada exatamente no dia de aniversário de 21 anos do massacre.

massa 3No ano de 2006, que marcou 10 anos do massacre, integrantes do setor de cultura do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra criaram, sob a coordenação de Augusto Boal, o teatro procissão, onde quatro peças foram apresentadas. A quarta e última peça era A farsa da justiça burguesa. O teatro procissão ocorreu durante a Marcha Nacional pela Reforma Agrária em Brasília. A apresentação da “farsa,” realizada por bonecos gigantes e coro, ocorreu em meio a forte repressão policial, que tentou dispersar as pessoas com uso da Cavalaria, helicópteros e a Tropa de Choque. Depois da marcha a peça não foi mais encenada.

Seis anos depois, em 2012, a Estudo de Cena retomou o projeto da peça e criou a adaptação para atores e atrizes. O espetáculo teve grande repercussão e foi encenado em diversas cidades e estados brasileiros (AC, PA, SP, RJ). Em abril de 2014 o grupo participou do Acampamento Pedagógico da Juventude do MST, montado no exato local do massacre, na curva do “S” da PA-150. Nesse período foram realizadas 05 apresentações da peça: no assentamento 17 de abril, no centro de Marabá, na cidade de Curionópolis e duas apresentações na curva do S da PA-150. As apresentações na estrada tiveram a participação de um coro de 100 jovens assentados e contou com a presença de sobreviventes do massacre, entre eles Inácio Nascimento, que é representado na peça.

A viagem para o sul do Pará foi documentada por uma equipe de cinema. Nesse processo a Estudo de Cena gerou um material muito importante sobre a história da peça, sobre a peça e acima de tudo sobre a história do Brasil, que agora será disponibilizado na internet.

A web-série é composta por relatos e registros de apresentações, entrevistas com sobreviventes do massacre, ações do acampamento, como a marcha de 300 pessoas pela floresta até o cemitério onde estão enterrados os trabalhadores assassinados, entrevistas com jovens assentados que falam da importância de desenterrar a história, gravação da peça para câmera tendo como cenário o monumento de 19 castanheiras erguido no local do massacre, encontro dos integrantes da Estudo de Cena com Inácio Nascimento em sua casa, na beira da estrada PA-150.

massa 4Na volta da viagem o grupo continuou a apresentar o espetáculo e documentar. Em junho de 2016 a Estudo de Cena foi convidada por Julian Boal (filho de Augusto Boal) para apresentar a peça A farsa da justiça no Encontro Internacional de Teatro Político, que ocorreu no Festival da Utopia em Maricá/RJ. No encontro também foi apresentada uma versão da peça realizada por jovens que vivem em assentamentos no sul do Pará. A montagem dos jovens incorpora trechos da encenação da Estudo de Cena. Esse encontro das duas versões da peça foi documentado e foram realizadas entrevistas com os participantes da montagem do MST. Foi constatado que a montagem da Estudo de Cena e sua apresentação em Eldorado dos Carajás reativou o projeto da peça, sendo o texto montado pelo Movimento dos Trabalhadores Sem Terra em mais 03 assentamentos do Brasil e apresentado no Encontro Internacional da Via Campesina em abril de 2016. A peça ficou mundialmente conhecida como referência da relação entre arte e sociedade.

A partir desse material se concretizou a ideia de montar a série audiovisual que articula três histórias: o Massacre de Eldorado dos Carajás, a criação e trajetória da peça A farsa da justiça burguesa e a circulação e encenação da versão criada pela Estudo de Cena. A relação dessas três narrativas cria uma reflexão sobre arte e sociedade, arte e história brasileira. E é de extrema importância aos interessados em entender o outro lado da história sobre o Massacre.

Em abril de 2017 se completam 21 anos dessa tragédia brasileira que deixou 21 mortos. Os 21 episódios da série A farsa: ensaio sobre a verdade vão ser lançados a partir de 17 de abril de 2017. O lançamento dos episódios acontecerá em espaços públicos, como assentamentos, universidades, praças e parques de nove cidades do estado. Cada projeção vai ser acompanhada pela apresentação da peça A farsa da justiça da Estudo de Cena. Após o lançamento público os episódios vão ser lançados no canal do Youtube: A farsa: ensaio sobre a verdade. Assine o Canal e participe dessa viagem no tempo e na história junto com a Companhia Estudo de Cena. Mais do que nunca vivemos tempos em que se faz necessário entender e conhecer a história do Brasil. Separe uns minutinhos para refletir sobre a luta por terra e olhar o tema sobre uma nova ótica.

Investimento de R$ 9 bilhões na saúde pública da Bahia é apresentado a deputados

sesabO Governo do Estado da Bahia aplicou mais de R$ 9 bilhões em obras, serviços e recursos humanos na área da saúde nos últimos dois anos, com a abertura de aproximadamente 500 leitos em hospitais e maternidades. E até 2018, novas unidades de saúde serão inauguradas na capital e no interior. Esta foi a síntese da apresentação do secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, aos deputados que integram a Comissão de Saúde e Saneamento, da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba). O encontro realizado nesta terça-feira (18), no gabinete da secretaria, foi uma oportunidade para discutir o cenário atual e as perspectivas da saúde pública na Bahia.

 

De acordo com o secretário, para continuar investindo em serviços de alta complexidade e atendendo os pacientes mais graves, a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) implantou nos últimos dois anos medidas de eficiência do gasto público, o que permitiu ampliar e descentralizar a assistência à saúde.

 

“Apenas neste período, a capital baiana ganhou o Hospital Geral do Estado 2 (HGE 2), referência no atendimento a queimados e a urgência e emergência de trauma e o Hospital da Mulher, que é a maior unidade do Norte-Nordeste especializada no atendimento à saúde feminina. Foram mais de R$ 110 milhões investidos nas duas unidades, que acrescentam 297 novos leitos à rede estadual. Já no interior, inauguramos duas Unidades de Pronto Atendimento 24 horas (UPAs), uma em Feira de Santana e a outra em Vitória da Conquista. Cada unidade tem a capacidade de atender, diariamente, até 450 pacientes de baixa e média complexidade”, pontua o secretário.

Read the rest of this entry »

Temer e o surto de sinceridade: impeachment foi chantagem

Alguem se indignou?

República de Bananas é isso aí!

Mais de 35 mil líderes de classe são eleitos nas escolas estaduais

 

lideresMais de 35 mil líderes e vice-líderes de classe foram eleitos para representar os colegas junto à direção das escolas estaduais. O resultado da eleição, realizada de 10 a 13 de abril, foi divulgado, nesta terça-feira (18), pela Secretaria da Educação do Estado. O objetivo do pleito é promover o protagonismo estudantil, de modo que os eleitos possam contribuir para a gestão democrática e participativa nas unidades escolares, tendo como foco a representação dos interesses coletivos pela melhoria da Educação.

 

Para exercerem as funções de líder e vice-líderes com mais propriedade, os jovens participarão de formações nas unidades escolares nos meses de maio, julho e setembro. Na ocasião, eles serão instruídos sobre suas atribuições, demandas e atividades a serem realizadas. Dentre as atribuições do líder de classe, está a elaboração de um Plano de Ação, que contemple as necessidades da unidade escolar relativas à melhoria do processo de ensino e da aprendizagem.

 

Cabe aos líderes, também, contribuir para a manutenção do clima escolar colaborativo; estabelecer contato permanente com os demais líderes de classe para a troca de experiências e fazer proposições para melhorias do processo educativo. Além disso, eles também devem estimular o bom relacionamento da classe, através de diálogo e propor reuniões de interesse da classe.

 

O processo eleitoral mobilizou estudantes em toda a Bahia.

Após cinco anos, professores de Ilhéus tem reajuste salarial

marãoApós cinco anos, os professores de Ilhéus dos padrões B e C terão reajuste salarial, de acordo com anúncio do prefeito Mário Alexandre. O reajuste será de 7,68% e foi definido em reunião nesta terça (18) com dirigentes da APPI/APLB, no Centro Administrativo.

“Sei que ainda não chegamos ao ponto ideal. Mas estamos oferecendo neste momento o que é possível e o acordo está sendo firmado graças ao entendimento que conseguimos construir com o sindicato da categoria”, afirmou Mário.

Os profissionais da Educação não docentes terão correção da tabela salarial, garantindo os percentuais entre os níveis e referências, conforme prevê a Lei 3549, a partir do mês de abril. Os professores terão 7,68 por cento para os padrões B e C, garantindo o cumprimento do piso nacional.Também ficou definido que o valor do Ticket Alimentação passa a ser de 200 reais.

“Vivemos neste momento um alívio depois de convivermos com cinco anos sem um reajuste”, comemorou a assinatura do contrato, Osman Nogueira disse o presidente da APPI.

Para o presidente da Câmara de Vereadores de Ilhéus, Lukas Paiva, o acordo revela um amadurecimento entre governo e trabalhadores que é benéfico para toda a sociedade. Ainda estiveram presentes ao ato os secretários Eliane Oliveira (Educação), Bento Lima (Administração), Alisson Mendonça (Relações Institucionais), Alcides Kruschewsky (Comunicação), além do procurador-Geral, Márcio Cunha, e dos dirigentes sindicais Luiz Cláudio Souza e Cosme Oliveira.

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
abril 2017
D S T Q Q S S
« mar   mai »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30