hanna thame fisioterapia animal
coronavirus 155 livros do thame

Archive for dezembro 3rd, 2016

Mercedes Sosa – Gracias a La Vida

Seminário Anual de Ciências Sociais da UESC vai discutir ações afirmativas no Brasil contemporâneo

O IX Seminário Anual de Ciências Sociais da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), será aberto na segunda-feira(5) prossegue até sexta-feira(9), no auditório Jorge Amado. O evento científico que tem como tema “Ações afirmativas no Brasil contemporâneo: dinâmicas e perspectivas”, é promovido pelos docentes e discentes vinculados ao Colegiado de Ciências Sociais do Departamento de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade.

O objetivo do IX Seminário Anual de Ciências Sociais é oferecer ao público participante subsídios teórico-metodológicos para compreensão e discussão aprofundada das políticas de ações afirmativas no Brasil do século XXI; reunir estrategicamente intelectuais com vastíssima experiência no campo das ações afirmativas no contexto brasileiro, de modo a fomentar diálogos e interações que culminem em parcerias, projetos, grupos de pesquisa e intercâmbios institucionais no pós-evento;

Também visa promover reflexões focais sobre as desigualdades historicamente construídas que ainda levam populações negras, populações indígenas, pessoas com deficiência e mulheres a demandas diversas por reconhecimento, por representação, por respeito, por cotas e por justiça social; analisar as políticas de ação afirmativa da própria UESC cuja resolução de implementação de reserva de vagas de graduação para pessoas negras, quilombolas, indígenas, desde que egressos de escola pública, e para estudantes de escola pública como um todo, completa dez anos neste mês, durante seminário.

Sobre as leis de proteção aos animais

 

Débora Spagnol

debora-2Schopenhauer citava a piedade como uma das características a equilibrar a maldade e  o egoísmo inerentes às relações humanas. A mesma piedade, segundo o filósofo, deveria também permear a relação dos homens para com os animais. Mesmo sendo avesso às convenções sociais e sem sorte com as mulheres (sua obra é famosa pelas críticas ao sexo feminino), o alemão é conhecido como o “filósofo do amor”, já que o sentimento é o tema central de sua obra; não no sentido romântico, porém, mas enquanto impulso de vida.  Intensamente insatisfeito com o modo como os homens se organizam e se afligem uns aos outros, Shopenhauer viveu uma vida peculiar e solitária, dividindo seus dias com seu cão ATMA (que significa “alma do mundo”), nutrindo, por quem nutria profundo e verdadeiro afeto.

“A piedade com os animais está tão intimamente ligada com a bondade de caráter, que se pode afirmar que quem é cruel com os animais não pode ser bom” é um dos aforismos mais famosos sobre a compaixão aos animais e foi atribuída ao filósofo. Nele, se percebe a inter-relação entre a crueldade contra os animais e contra os humanos. Estudos científicos atuais colaboram com essas constatações: no processo de abate massivo de animais, por exemplo, os trabalhadores passam por transformações psicológicas semelhantes àquelas sofridas por combatentes de guerra, executores e nazistas. A personalidade natural do trabalhador se identifica com o animal a ser abatido (que é digno de afeição e cuidado), mas outra personalidade – aquela transformada pelo trabalho no abatedouro – mata o animal, sendo  literalmente incapaz de sentir piedade para com eles. Como consequência dessas transformações psicológicas, os indivíduos que cometem crueldade contra os animais estão mais propensos ao uso de drogas, estupros, roubos e homicídio – principalmente contra mulheres e crianças. (1)

Utilizados como instrumento de diversão, crença e trabalho, inúmeros animais são abatidos e sacrificados anualmente em festas religiosas, culturais e na lide do dia a dia, no país e no exterior. Vaquejadas, touradas e farras do boi são exemplos de eventos que utilizam os animais como peças principais do espetáculo mas que, do ponto de vista moral e social, despertam grandes discussões na sociedade.

Read the rest of this entry »

Projeto Bahia Território Esportivo movimenta escolas de Itabuna

esporte-1Alunos de 16 escolas da rede municipal de Itabuna e quatro escolas da rede particular terão uma programação diferenciada entre domingo (4) e a próxima sexta-feira (9), nos períodos matutino e vespertino. Trata-se do projeto ‘Bahia Território Esportivo’, lançado pelo Governo do Estado, que está levando diversas atividades esportivas gratuitas a cidades baianas.

As ações do projeto iniciam com clínicas nas escolas, com abordagem sobre a história dos Jogos Olímpicos, dando maior enfoque para as Olimpíadas e Paraolimpíadas Rio 2016. Também nas clínicas são passadas informações sobre modalidades olímpicas como judô, luta olímpica e badminton.

“É muito importante aproximar os jovens do esporte. Vamos poder incluir pessoas que assistiram os jogos na TV e não tiveram a oportunidade de participar de nenhum evento da Olimpíada. O esporte educa e proporciona inclusão social”, afirma o diretor-geral da Superintendência dos Desportos da Bahia (Sudesb), Elias Dourado.

esporte-2A atividade também é desenvolvida na Arena Esportiva, que em Itabuna será montada na Praça Rio Cachoeira, com início de funcionamento na quarta (7). A partir deste dia, o público poderá praticar modalidades como tênis de mesa, basquete, handebol, atletismo e badminton e modalidades paraolímpicas.

As aulas serão ministradas por profissionais de educação física e instrutores capacitados, com apoio da Prefeitura de Itabuna, por meio da Secretaria Municipal de Esportes e Recreação. O Bahia Território Esportivo já passou por Salvador e Vitória da Conquista. Depois de Itabuna, o projeto segue para Camaçari (de 10 a 16/12, das 9h às 17h) e Juazeiro (de 17 a 23/12, das 9h às 17h).

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
dezembro 2016
D S T Q Q S S
« nov   jan »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031