hanna thame fisioterapia animal
livros do thame

Archive for agosto 23rd, 2015

Cacau volta às verdadeiras terras do sem fim

cacau 13O investidor tcheco Dennis Melka, uma espécie de barão do cacau do século XXI, quer se lambuzar de Brasil. Dono de plantações que não têm mais fim na África e na América Central, Melka costura uma parceria entre sua empresa, a United Cocoa, e a suíça Barry Callebaut – maior processadora de chocolate do mundo, com faturamento na casa dos US$ 5 bilhões. Em pauta, a criação de uma joint venture para o cultivo de cacau na Região Amazônica – além do Brasil, o projeto se estenderia também por áreas do Peru e da Colômbia.

Melka já mapeou cerca de 500 mil hectares de terras com grande potencial para a plantação do produto nos estados do Pará, Amazonas e Acre. O investimento tem algo de épico. Além de sua extensão, o negócio representaria o retorno da indústria cacaueira nacional às suas origens.

Jorge Amado enraizou as plantações do sul da Bahia no imaginário coletivo do brasileiro, mas foi na Amazônia que tudo começou. Vêm de lá, mais precisamente das margens do Rio Amazonas, os primeiros registros de cacau em terras brasileiras.

Dennis Melka e a própria Barry Callebaut esperam colher no Brasil o cacau que está faltando no resto do mundo. Há uma crescente escassez da matéria-prima. Para este ano, o gap entre produção e demanda deverá bater na casa das 100 mil toneladas. O pior ainda está por vir: a projeção é que este déficit chegará a um milhão de toneladas em cinco anos. (do Relatório Reservado/Negócios & Finaças)

 

Responsável por dois terços da produção mundial, a África Ocidental sofre seguidamente com secas e pragas agrícolas. A própria Barry Callebaut está entrando no projeto com o objetivo de

garantir o suprimento de matéria-prima para as suas unidades de produção, incluindo duas processadoras de cacau na Bahia e uma fábrica de chocolate em Extrema/MG. . (do Relatório Reservado/Negócios & Finanças)

Governo assume gestão de aeroporto usado na 2ª Guerra Mundial em Caravelas

aero 2

Região com grande potencial turístico, o extremo-sul da Bahia ganhou um novo motivo para atrair visitantes. A administração do Aeroporto do município de Caravelas – antes de poder da Força Aérea Brasileira para fins militares – passou a ser de responsabilidade do Governo do Estado. A transmissão oficial da gestão foi realizada na manhã deste sábado (22), em cerimônia que contou com a presença do governador Rui Costa, de autoridades e membros da sociedade civil.

Em tempos de paz, o aeródromo será utilizado para o transporte de passageiros, mais uma alternativa para quem deseja curtir as maravilhas do território conhecido como Costa das Baleias. “O turista vai ter mais facilidade para visitar o extremo-sul. O aeroporto representa o desenvolvimento, mais empregos e renda para a região. Com ele, a economia vai mudar, melhorar muito”, afirmou o governador Rui Costa.

Para atender a população, o local passou por requalificação. Serviços de roçagem e limpeza de todo o sítio aeroportuário, instalação de nova cerca patrimonial e nova biruta, correções no Parque de Abastecimento de Aeronaves (PAA), sinalização vertical e restauração do Terminal de Passageiros (TPS) foram realizadas entre 2010 e 2014. As duas pistas também foram recuperadas.

aero 1Criado há sete décadas pelo Governo brasileiro em acordo com os americanos, o Aeroporto de Caravelas foi um ponto estratégico na segunda guerra mundial. Devido a localização em faixa intermediária do litoral do país, a estrutura funcionou como base aérea militar das forças aliadas. “Este aeroporto era fundamental às forças armadas. Era vital na logística de muitas estratégias. Também era aqui onde eram pensadas manobras de guerra que dependiam de um ponto de abastecimento”, explicou o brigadeiro José Hugo Wolkmer, comandante do segundo comando aero regional, responsável pelo nordeste brasileiro.

Pelo aeródromo também passaram grandes nomes como o do francês Antoine de Saint-Exupéry, autor do clássico O Pequeno Príncipe. O francês voou pelo território brasileiro na década de 30, quando era piloto da Compagnie Générale Aéropostale.

Para iniciar o funcionamento das rotas comerciais, o governo estadual aguarda a homologação por parte do governo federal. Segundo o governador, ainda neste ano licitações serão feitas para a seleção da empresa privada que ficará responsável pela gestão do aeroporto.

Atendimento à população

aero 3Ainda no Aeroporto de Caravelas, neste sábado, a população teve acesso a serviços de saúde. Uma ação cívico-militar garantiu oferta de atendimentos odontológicos e médicos, entre eles na aérea da pediatria, cardiologia, oftalmologia e geriatria. Especialmente para o público-infantil, foram realizadas dinâmicas de escovação dentária.

Água Para Todos

Ainda em visita ao município de Caravelas, Rui Costa fez a entrega do Sistema de Abastecimento de Água de Rancho Alegre, distrito da cidade. O equipamento, que beneficia mais de três mil habitantes da região, contou com investimento de cerca de R$ 825 mil, e garante água potável para alguns municípios do extremo-sul da Bahia, por meio do Programa Água para Todos.  (Fotos: Mateus Pereira/GOVBA)

Izaquias Queiroz conquista Medalha de Ouro em Milão e garante vaga nas Olimpíadas Rio 2016

iza

O baiano de Ubaitaba, Izaquias Queiroz  21 anos, obteve a sexta medalha em sua curta carreira ao ficar com o primeiro lugar na prova do C-2 1.000m ao lado de Erlon de Souza, no Campeonato Mundial de Canoagem, neste domingo, em Milão, na Itália. Só de ter chegado na final, os brasileiros haviam assegurado a vaga para o país nesta prova nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016. Foi por causa da busca desta classificação que Isaquias abriu mão de disputar a prova do C-1 1.000m, a sua especialidade.

Na prova desde domingo, Isaquias e Erlon completaram os 1000 m em 3min38s508. Os húngaros Robert Mike e Henrik Vasbanyai foram prata (3min38s836), enquanto o poloneses Piotr Kuleta e Marcin Grzybowski (3min39s305) ficaram com a medalha de bronze.

Ao longo da disputa, os brasileiros se mantiveram sempre entre os primeiros colocados. A dupla alcançou o marco de 250 m em primeiro lugar, mas caiu para terceiro no decorrer da prova; no fim, porém, a dupla polonesa perdeu a liderança e acabou superada pelos brasileiros e pelos húngaros, que conquistaram oito posições no decorrer da prova.

No sábado, também em uma prova olímpica, Isaquias já havia obtido outro grande resultado:  conquistando a Medalha de Bronze na cateforia C-1200 m.

 

 

Servidores públicos não localizados têm até o dia 26 deste mês para regularizar cadastro

Dentre os 124 mil funcionários públicos que atualizaram seus dados cadastrais, na primeira fase do recadastramento do Estado, 723 servidores não foram localizados pelos seus chefes imediatos e pelas Diretorias Administrativas dos seus órgãos. Para não serem retirados da folha de pagamento do mês de agosto, esses servidores devem encaminhar à Secretaria da Administração (Saeb), até o próximo dia 26, formulário de recadastramento preenchido, anexado a um ofício do seu órgão de origem.

Caso os 723 funcionários sejam retirados da folha de pagamento, o Estado vai ter uma economia mensal R$ 2,9 milhões.  A maioria desses servidores não localizados é lotada na Secretaria da Saúde (537). Já a Secretaria da Educação possui 180 nessa situação, enquanto apenas três pertencem a Polícia Civil e outros três à Universidade do Estado da Bahia (Uneb).

Os 723 servidores chegaram a fazer o recadastramento, mas não foram encontrados pelos seus chefes imediatos, não foram localizados pelos diretores administrativos dos seus órgãos e também não responderam ao chamamento por e-mail para se apresentar nos seus postos de trabalho.  “Aqueles servidores que não enviarem o cadastro até este prazo, anexado ao ofício do seu órgão de origem, vão ser retirados da folha e podem responder a processo administrativo”, declarou o secretário da Administração, Edelvino Góes.

Os servidores devem imprimir e preencher um novo formulário de recadastramento no Portal do Servidor (www.portaldoservidor.ba.gov.br). Depois, devem procurar seu órgão de origem e anexar o formulário de recadastramento a um ofício da unidade. Os dois documentos devem ser enviados pelo órgão de origem do servidor para a Corregedoria Geral da Saeb, que só os receberá até o dia 26 de agosto.

 

A primeira fase do recadastramento ocorreu entre 23 de fevereiro e 13 de abril, quando foram convocados para atualizar seus cadastros 124 mil servidores de três secretarias (Segurança Pública, Saúde e Educação). O recadastramento foi amplamente divulgado pelos canais de comunicação do Estado (portais, sites, radiodifusão públicos) e através de campanha publicitária veiculada nos meios de comunicação de massa (jornais impressos, Rádio e TV).

Fazer o recadastramento era fácil e rápido: os funcionários atualizavam seus dados pelo Portal do Servidor, na internet, usando a suas matrículas e senhas individuais. Um total de 116.277 funcionários públicos estaduais se recadastrou, enquanto outros 7.723 perderam o prazo inicial, apesar da ampla divulgação. A data precisou ser prorrogada duas vezes, finalizando em 6 de maio.

Read the rest of this entry »

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
agosto 2015
D S T Q Q S S
« jul   set »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031