hanna thame fisioterapia animal
coronavirus 155 bom petiscos livros do thame

Alô, quem fala? Aqui é dona Bunda…

seria o celular de três chips...

seria o celular de três chips…

A funkeira, seja lá o que é isso, Maysa Abusada  abusou durante um show  no Rio de Janeiro e cantou (sic)  com um celular “acoplado” (este é um blog, quase sempre, familiar e “enfiado” é muito grosseiro), nas nádegas (universalmente conhecida como bunda mesmo), enquanto fazia aquelas dancinhas que não se deve fazer na frente na das crianças.

Maysa canta, mas não toca...

Maysa canta, mas não toca…

A performance rendeu o que Maysa queria: 15 minutos de fama.

E cá pra nós, celular é menos desconfortável que melancia (produto que em tempos de antanho se usava para aparecer) e, conhecendo-se a eficiência da TIM, da Vivo, da Oi e da Claro, é mais fácil uma letra funk completar duas frases sem um erro de português do que o fone tocar na bunda (no sentido de completar uma ligação, gente maldosa) da funkeira.

Imprimir Imprimir | Enviar Enviar

Dê seu voto:

Leave a Reply

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
abril 2014
D S T Q Q S S
« mar   mai »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930