hanna thame fisioterapia animal
livros do thame

Archive for julho 13th, 2013

Wagner inaugura acesso de Jussari à BR 101

O trecho de oito quilômetros da BA-671, que liga a BR-101 ao município de Jussari, na região Sul do estado, foi recuperado e entregue à população neste sábado (13). A estrada recebeu nova pavimentação com o melhor tipo de asfalto, o Cimento Betuminoso Usinado a Quente (CBUQ) e foi sinalizada.

Com a recuperação ficou mais fácil chegar a Jussari. O motorista Joselito Maciel, que cruza o trecho várias vezes por dia, diz que muita gente desistia de ir até o município devido à situação da estrada. “É um trecho que dá pra fazer em dez minutos e a gente gastava mais de 30. Representante de venda, caminhão de entrega, ninguém queria vir aqui não. Agora mudou.”

De acordo com Saulo Pontes, diretor-geral do Derba, órgão responsável pela obra, foram investidos R$ 7 milhões no asfaltamento da BA-671. “Foi uma obra que exigiu bastante cuidado com a fundação porque é uma região que chove muito e o solo se danifica em pouco tempo”.

O governador Jaques Wagner, que esteve na inauguração, disse que até 2014 pretende recuperar ou asfaltar todos os acessos municipais. “Imagina um estudantes querendo ir para a faculdade, uma mãe que quer dar um socorro ao filho, era um drama aqui. Agora estamos dando uma condição de transporte melhor para a população”.

O mototaxista Juliano Marques agradece. “É bom pra todo mundo, pra nós que trabalhamos com transporte, então, é uma maravilha. Antes, era carro quebrado, uma poeira enorme, lama. Agora, com esse tapete, estamos com mais conforto, mais segurança.”

Mais de 7,2 mil quilômetros asfaltados 

Recentemente, o Governo do Estado pavimentou o acesso a Arataca. Em Jucuruçu, Barro Preto, Gongogi e Aiquara, todas no Sul da Bahia, as recuperações estão em andamento. De acordo com Saulo Pontes, além dos acessos, nos últimos seis anos foram asfaltados mais de 7,2 mil quilômetros de estradas na Bahia. “Estou no Derba há 39 anos e posso afirmar que esse é o maior programa de recuperação de estradas já realizado pelo órgão.”

 

Cinema “Eu Receberia As Piores Notícias Dos Seus Lindos Lábios”

Por Raquel Rocha

 


“Santa é a carne que peca”

Baseado no livro homônimo de Marçal Aquino “Eu Receberia As Piores Notícias Dos Seus Lindos Lábios” é tão intenso quanto a obra que o originou. O filme narra um triângulo amoroso no interior do Pará envolvendo um pastor (Zécarlos Machado), sua esposa (Camila Pitanga) e um fotógrafo (Gustavo Machado).

Lavinia, ex-prostituta e usuária de drogas foi encontrada pelo pastor Ernani nas ruas do Rio de Janeiro. Através da palavra de Deus, numa espécie de sessão de exorcismo, o pastor a resgata do mundo das drogas e da prostituição. Depois faz dela sua esposa. Eles se mudam para o interior do Pará, onde ele, além de pregar sua fé, também luta contra poderosas madeireiras. Nesse cenário belíssimo e perigoso Lavínia conhece o fotógrafo Cauby, com quem acaba se envolvendo e vive um romance arrebatador.

Lavínia se torna uma musa para Cauby que a fotografa obsessivamente. Ela é uma personagem divida entre o olhar de Cauby e as palavras do marido, que ela não tem coragem de abandonar.

-Vamos embora comigo Lavínia, Vamos embora daqui.

-Não posso, não posso…

-Você não pode ou você não quer?

-Eu não posso, eu não quero.

Eles não podem ficar juntos mas também não conseguem se abandonar. A química entre os personagens é avassaladora, as cenas sensuais que ambos protagonizam não tem maquiagem, são cruas,  densas. Mas se entregar a esses dois amores é algo que a frágil e confusa Lavínia  não consegue aguentar, essa divisão parece fazê-la sangrar e perder suas forças.

Dirigido por Beto Brant e Renato Ciasca, Eu Receberia As Piores Notícias Dos Seus Lindos Lábios não é um filme convencional. A forma como a história é narrada chega a causar estranheza em alguns momentos. Um dos pontos fortes do filme é a atuações dos personagens, Zécarlos Machado, Gero Camilo, Gustavo Machado e Camila Pitanga, esta se desnuda de roupas, vaidades e estrelismo, para se entregar de corpo a alma a esse papel que ela classificou como o maior da sua vida.

O filme foi lançado em 2012 é  o sexto da parceria entre Beto Brant e Marçal Aquino, anteriormente outras adaptações haviam feitas, em  “Os Matadores” , “Ação Entre Amigos”, “O Invasor”, “Crime Delicado” e “Cão Sem Dono” (2007).  Nenhum deles um blockbuster, como Eu Receberia As Piores Notícias Dos Seus Lindos Lábios também não o é. Mas é um filme marcante para quem tem a oportunidade de assistir, uma história forte, com poucas palavras, cores saturadas e uma honestidade perturbadora.

 Classificação Indicativa: 16 anos

Trailer

Trechos Livro

“Lembrei dos dias que passei sem ela. Dias em que encontrar, por acaso, um fio de seu cabelo preso na fronha do travesseiro bastava para me encher de angústia e dor. Estive a ponto de rastejar. Atire a primeira pedra aquele que não estremeceu ao recuperar, nos lençóis encardidos da cama em que dorme solitário, o cheiro da mulher ausente. 

—————–

“Falamos, falamos, falamos. E mesmo assim faltou dizer tanta coisa. E escutar também. Ela nunca disse que me amava. Jamais ouvi de seus lindos lábios a sentença que pronunciei algumas vezes.”

—————–

“O que acontece é que, quando estou com você, eu me perdôo por todas as lutas que a vida venceu por pontos, e me esqueço completamente que gente como eu, no fim, acaba saindo mais cedo de bares, de brigas e de amores para não pagar a conta. Isso eu poderia ter dito a ela. Mas não disse.

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
julho 2013
D S T Q Q S S
« jun   ago »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031