hanna thame fisioterapia animal
livros do thame

Archive for julho 2nd, 2013

A Midia Pistoleira finge que não é com ela, mas…

Marcos Losekan, repórter da tentava cobrir as manifestações em Londres, em apoio ao Brasil, e descobriu que os protestos eram, também, contra a emissora em que ele trabalha, a Rede Globo.

 

TSE define prazo mínimo de 70 dias para realização do plebiscito

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou hoje (2) que o prazo mínimo necessário para realizar o plebiscito sobre a reforma política é 70 dias, a contar do dia 1º de julho ao segundo domingo de setembro (dia 8), “se tiverem início imediato as providências no sentido da realização da consulta”. O prazo foi definido em reunião que durou mais de três horas entre a presidenta do TSE, ministra Cármen Lúcia, e os presidentes dos 27 tribunais regionais eleitorais do país.

Na ata da reunião, o TSE ressalta que “atrasos na definição da consulta terão consequência óbvia e inevitável sobre esse calendário, porque não é possível ter o início de providências com dispêndio de esforços humanos e de dinheiros públicos, senão com a específica finalidade que está prévia e legalmente estabelecida.”

O prazo de 70 dias definido pelo TSE é uma resposta à consulta feita ontem (1º), formalmente, pela presidenta Dilma Rousseff ao tribunal, por intermédio do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo.

A posição do TSE é baseada em estudos preliminares feitos por órgãos internos dos tribunais regionais eleitorais, “em regime de urgência, e sujeitas essas análises às adaptações necessárias a partir da superveniência da convocação formal que venha a ser feita.”

Na ata, o TSE diz ainda que o prazo de 70 dias foi definido “para garantir a informação do eleitorado sobre o que lhe venha a qer questionado”. (da Agencia Brasil)

Assembléia Legislativa da Bahia desdenha Hino ao 2 de Julho

Dorme há mais de três anos nas entranhas da Assembléia Legislativa da Bahia um projeto do deputado estadual Rosemberg Pinto (PT), que determina a execução do Hino ao 2 de Julho, o hino da Independência da Bahia, nos eventos esportivos realizados no Estado.

A proposta inclui os jogos de Bahia e Vitória no Campeonato Brasileiro e partidas do Campeonato Baiano, juntamente com o Hino Nacional Brasileiro. No Paraná e no Rio Grande do Sul, propostas idênticas já foram aprovadas e viraram lei.

Na Bahia, o nosso belíssimo Hino ao 2 de Julho permanece insensível aos ouvidos dos parlamentares.

Wagner participa do 2 de Julho e abre Festival do Chocolate em Ilhéus

Os festejos do 2 de Julho deste ano, que marcam os 190 anos da Independência da Bahia, são destacados no programa de rádio desta terça-feira (2) pelo governador Jaques Wagner. “Este é um desfile cívico com a maior participação popular”, afirma Wagner que ressalta a programação oficial do Governo do Estado para as comemorações cívicas em Salvador.

No programa, o governador fala também sobre a entrega de obras em municípios do interior, a visita a Ilhéus nesta quarta-feira (3) – para participar da abertura do Salão Internacional do Chocolate – e as obras de restauração do Pelourinho, no Centro Antigo de Salvador.

“Estamos falando de aproximadamente R$ 20 milhões de investimentos na preservação do patrimônio histórico, fora tudo que já anunciei como a reforma da Baixa dos Sapateiros e uma série de outros investimentos”, diz Wagner.

No programa, o governador destaca a importância histórica da participação baiana na consolidação da Independência do Brasil. “Realmente esta é uma semana especial – são 190 anos do 2 de Julho de 1823, quando não só a Bahia como também o Brasil ficaram independentes da Coroa Portuguesa”.

Wagner afirma que foi na Bahia onde mais morreram pessoas lutando pela independência brasileira, enfatizando que essa parte da história dos heróis baianos ficou mais relevante, a partir deste ano, com a decisão da presidente Dilma Rousseff, em transformar o 2 de Julho de 1823 em data histórica nacional. “Espero que os brasileiros e os baianos reconheçam nossos verdadeiros heróis da Independência”.

Read the rest of this entry »

Dilma deve enviar hoje ao Congresso proposta de convocação de plebiscito

 A presidenta Dilma Rousseff confirmou que enviará hoje (2) ao Congresso Nacional mensagem pedindo um plebiscito para discutir a reforma política. Na proposta encaminhada pelo Executivo ao Legislativo serão apontadas as linhas gerais, mas outros aspectos poderão ser abordados na consulta, lembrou a presidenta. O governo, segundo ela, pretende discutir pelo menos dois pontos: o financiamento de campanha e o sistema eleitoral, mas a população terá a possibilidade de escolher entre o voto proporcional, distrital e misto.

De acordo com Dilma, a formulação das perguntas não cabe ao Palácio do Planalto, mas ao Congresso e ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Ela lembrou que cabe exclusivamente ao Congresso Nacional o poder de convocar uma consulta popular.

“Não vamos dar sugestões de perguntas. Isso fica entre o Senado, a Câmara dos Deputados e o Tribunal Superior Eleitoral. Está claro, na Consituição, que quem convoca plebiscito é o Congresso Nacional”, disse Dilma, informando que o Congresso poderá mudar a proposta de reforma política enviada pelo Planalto. (da Agencia Brasil)

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
julho 2013
D S T Q Q S S
« jun   ago »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031