hanna thame fisioterapia animal
bahiagas livros do thame

Archive for fevereiro 16th, 2013

Juarez Vicente e Eduardo Anunciação, num boteco chamado Eternidade

Eduardo e sua velha e boa companheira, a maquina de escrever

Juarez e sua paixão, o jornalismo

Num curto intervalo de tempo Itabuna perdeu duas grandes figuras humanas. A morte dos jornalistas Juarez Vicente e Eduardo Anunciação não apenas deixa uma lacuna na imprensa regional, como nos priva de pessoas com que valia a pena conviver, ainda que fosse um papo descompromissado na mesa do Katiquero ou no balcão do ABC da Noite, em torno de um copo cheio que esvaziávamos com pompa, zelo e circunstância..

 Juarez e Eduardo, jornalistas de proa, eram também bons bebedores, boêmios das antigas, misto de jornalistas e poetas, apaixonados pelo que faziam e que viveram a vida com intensidade.

 Vão fazer falta  neste chão grapiuna,  mas com certeza tornaram mais alegre esse boteco chamado Eternidade, onde a vida segue noutra dimensão.

 Um brinde a Juarez, um brinde a Eduardo.

E vivamos enquanto vivemos…

Geraldo Simões e Vane lamentam morte de Eduardo Anunciação

O deputado federal Geraldo Simões lamentou a morte do jornalista Eduardo Anunciação e se solidarizou com os familiares. “O Sul da Bahia perde um grande profissional de comunicação, um colunista político com visão apurada, que escrevia com paixão”. Para o deputado, Eduardo é um exemplo para as novas gerações de jornalistas, uma demonstração de que as  tecnologias na área de informação não podem prescindir do talento.

“Além de um jornalista extraordinário, perdi também um grande amigo e nesse momento quero transmitir minhas condolências à família e aos amigos de Eduardo Anunciação”, ressaltou Geraldo Simões.

O prefeito Itabuna Claudevane Moreira Leite também  lamentou a morte do jornalista Eduardo Anunciação, ocorrida esta tarde, em Ilhéus. Vane lembrou o importante papel que Eduardo teve na imprensa regional, com seu estilo próprio, especialmente quando tratava de política.

Segundo Vane, era possível discordar do posicionamento de Eduardo e do que ele escrevia, mas não se pode negar o seu valor como personalidade da comunicação e a contribuição que ele deu na formação da opinião regional.  O prefeito pediu a sua assessoria que manifeste à família as condolências do governo e as suas próprias. “Sei que Deus, em sua misericórdia, consolará a família neste momento de dor”, disse Vane.

O drama de Gaza, na lente de Paul Hansen

 

a imagem dispensa palavras

O fotógrafo sueco Paul Hansen ganhou a 56ª edição do World Press Photo com uma imagem que mostra o desespero de um grupo de homens palestinos carregando os corpos de duas crianças na Faixa de Gaza. A foto de Hansen chamou a atenção dos jurados pela forma como o profissional captou a tragédia. A premiação chega à sua 56ª edição, sendo a mais prestigiada de fotojornalismo do mundo.

– Na foto está tudo, a dor, o cansaço, o desespero, a perda. A força da foto contrasta com a inocência dos pequenos. Não se pode esquecer – disse a peruana Mayu Mohanna, membro do Jurí.

Hansen, que trabalha no jornal sueco “Dagens Nyheter“, explica que os homens levavam os meninos pelas ruas de Gaza a uma mesquita, cobertos por lenços brancos. O cadáver do pai é mostrado em segundo plano. Os irmãos tinham dois e três anos e foram mortos em um bombardeio que destruiu a casa onde moravam. O míssil teria sido lançado pelo exército de Israel.

 

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
fevereiro 2013
D S T Q Q S S
« jan   mar »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
2425262728