hanna thame fisioterapia animal
universidade lasalle livros do thame

Na chuva que Deus mandou, fieis lavam as escadarias da Catedral de São Sebastião em Ilhéus

As fortes chuvas que incidiram na manhã do último sábado, 19, não desanimaram os estivadores, católicos, baianas, integrantes de blocos afros e candomblecistas devotos de São Sebastião. Os fieis se concentraram na sede do Sindicato dos Estivadores, na Avenida dois de julho, assim que as chuvas deram uma trégua e, no ritmo dos tambores e músicas de raízes africanas, realizaram o cortejo.   Guiados pelo Trio Poeirão, percorreram o Centro Histórico, passando pela Rua da Linha, Avenida Soares Lopes, até a catedral, onde as baianas lavaram com água de cheiro e flores a escadaria, pedindo proteção e bênçãos ao padroeiro, realizando o ponto alto da festa.

Os turistas que apreciaram a festa se deixaram contagiar pela animação dos devotos, e até arriscavaram alguns passos de dança. Foi o caso da paulista Caroline Silva, 26 anos. “O som te leva a dançar de qualquer jeito, é muito bom”. Para ela, a história e a força dos fiéis para manter viva a cultura são símbolos de crença e fé. Já a empresária de Goiânia Lúcia Fátima Alves, que visita a cidade pela primeira vez, ficou encantada com as baianas. “É muito bonito e diferente. Fiquei impressionada com a alegria das senhoras de idade dançando”.

O cortejo que homenageia o padroeiro dos estivadores e machadeiros faz parte do calendário de eventos culturais de Ilhéus. O festejo contou com a presença do vice-prefeito, Carlos Machado (Cacá), o secretário de turismo, Alcides Kruschewsky e o chefe de gabinete, Victor da Veiga.

Organização e infraestrutura – A festa é organizada pelo Sindicato dos Estivadores, e contou com o apoio da Prefeitura Municipal, em parceria com empresas privadas, na prestação dos serviços de limpeza, saúde de ordenamento do trânsito e de ambulantes. O presidente do sindicato, Geraldo Assunção, agradeceu pelo apoio, pontuando a crise financeira. “Quero agradecer a Prefeitura de Ilhéus, através do prefeito Jabes Ribeiro, pelo apoio que deu a festa. Apesar de estar no início do governo, e passando por dificuldades, a prefeitura nos deu uma ajuda muito grande”, ressaltou.

O secretário de turismo, Alcides Kruschewsky, falou da importância da lavagem da Escadaria de São Sebastião, festa que predomina o sincretismo religioso, para o fortalecimento do turismo. “O festejo mantém vivas as tradições culturais da nossa cidade. Quando o turista visita Ilhéus ele quer conhecer a nossa face, nossas raízes. Nada melhor do que a manifestação popular apresentando os seus costumes, para aquele que nos visitam se encantem e conheçam a verdadeira Ilhéus”.

Imprimir Imprimir | Enviar Enviar

Dê seu voto:

Leave a Reply

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
janeiro 2013
D S T Q Q S S
« dez   fev »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031