WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
hanna thame fisioterapia animal

universidade lasalle livros do thame




Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

setembro 2012
D S T Q Q S S
« ago   out »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  


:: 8/set/2012 . 13:19

WALDOMIRO DE DEUS HOMENAGEADO NO 7 DE SETEMBRO EM OSASCO

A arte de Waldomiro (dir;) ganha as ruas

O  primitivista  Waldomiro  de Deus, baiano de Itagibá e cidadão do  mundo, foi  homenageado por uma escola de crianças portadoras de necessidades especiais em durante  as comemorações do  7  de Setembro  em  Osasco (SP).O  desfile da escola  foi  um passeio  pela vida e obra de Waldomiro,  que aos  51 anos de carreira, está  em  plena forma artística.

WD é merecedor de todas as homenagens.

 

ADELINDO KFOURY MORRE AOS 80 ANOS

O historiador itabunense Adelindo Kfoury Silveira morreu nesta manhã de sábado, 8, em Salvador. Ele faleceu uma semana após ser submetido a cirurgia cardíaca bem-sucedida, mas sofrer problemas nos rins. A causa-morte foi apontada como falência múltipla de órgãos.

Kfoury era dono do maior acervo histórico de Itabuna. Grande parte dos documentos foi levada por ele para Salvador, onde residia nos últimos anos. 

Adelindo   colaborou  regularmente  com jornais e sites locais,   em colunas em  que  relembrava, com o  texto  bem  elaborado e ao mesmo tempo,  de leitura agradável,  retratando  fatos importantes e/ou  pitorescos da centenária história itabunense.

Um  itabunense a ser lembrado pelas gerações  futuras.

RADIO KARDEC

´Alan, chama o Jair pra mim´

Rádio Difusora Oeste, Osasco (SP), início da década de 80. Nossa briosa equipe estava fazendo a cobertura da festa “Destaques do Esporte”, dessas que acontecem até hoje e que têm troféus pra todo mundo, do “Craque do Ano”, do futebol ao ´cuspe à distância`, até aquele empresário amigo que, coincidência é claro, patrocina o evento ou a equipe de esportes. Ou as duas coisas.
O fato é que naquele dia tinha troféu demais e, pra todo mundo que era anunciado, eu dizia “daqui a pouco vamos ouvir o homenageado”.
E lá ia eu ouvir o homenageado, que invariavelmente dizia chavões do tipo “estou feliz por essa homenagem”, “vou guardar o troféu com carinho”, “não esperava esse prêmio” (se não esperava, aquele cheque de ontem foi o que? Contribuição para alguma obra social?) e outras frases feitas.

Eu estava achando aquilo tudo uma baboseira interminável, ainda mais que como o sujeito da antológica música Trem das Onze (“não posso ficar nem mais um minuto com você…”), tinha que pegar o ônibus das 11, ou encarar a pé o caminho para onde morava, num bairro distante da periferia. Pobre, pero feliz e cumpridor.
De saco cheio ou preocupado com ônibus das 11, nem me toquei quando (glória a Deus nas alturas!) anunciaram o último homenageado:
-E agora o troféu Destaque do Esporte vai para Jair Ongaro.
Prontamente, eu perpetrei:
-Daqui a pouco vamos ouvir o homenageado…

Antonio Baltazar, o Batata, podia perder o amigo, mas não perderia a piada, dada de bandeja e ao vivo nos microfones da nossa Difusora.
-Ô garoto, só se for ouvi-lo no Centro Espírita. Jair Ongaro morreu há mais de 20 anos.
Era homenagem póstuma e eu não havia prestado atenção.
Desliguei o microfone e sai de fininho. No ônibus lotado e cheio de gente sonolenta, ninguém riu de mim. Aliás, ninguém me notou, “famoso quem?” que eu era. E continuo sendo.
Apesar de minhas esporádicas incursões pelo espiritismo, doutrina que admiro e onde tenho amigos que prezo, nunca me atrevi a seguir o conselho do velho Batata.

Naquele lugar chamado eternidade e sem a necessidade terrena de fazer média, Jair Ongaro, sangue italiano, poderia dar uma resposta que chocasse até os ouvintes da Radio Difusora.
Imagina, então, os da Rádio Kardec.

O MÉDICO VIDENTE…

A MORTE ESTÁ DE VOLTA

Depois de vinte  dias  sem registro de homicídio em Itabuna, a  morte  brutal voltou a assustar os  moradores,  com  a execução de  Giliard Araújo dos Santos, 25 anos, na noite de ontem  (7).

Ele foi  fuzilado  no   bairro Daniel Gomes,   por  dois homens que estavam  num moto.

A  policia  ainda apura se Giliard tem  algum  envolvimento   no  tráfico  de drogas.

A utilização  de motos  para a prática de assaltos e assassinados se  tornou  rotineira em  Itabuna,  onde a fiscalização  é ineficiente e existe sempre  um  “padrinho”   para  liberar o  veículo quando ele eventualmente  é apreendido.

 



WebtivaHOSTING // webtiva.com.br . Webdesign da Bahia