hanna thame fisioterapia animal
universidade lasalle livros do thame

Archive for agosto 22nd, 2012

O PODER DA MULHER: DILMA É A 3ª. MAIS INFLUENTE DO MUNDO

A revista Forbes colocou a presidente Dilma Rousseff em terceiro lugar, pelo segundo ano consecutivo, em seu ranking anual das mulheres mais poderosa do mundo, que tem novamente a chanceler alemã, Angela Merkel, na liderança da lista dominada por políticas, empresárias e personalidades da mídia. A secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton, ficou em segundo lugar, numa repetição das três primeiras colocadas do ano passado.

A lista elencou mulheres envolvidas na política, entretenimento, tecnologia e organizações sem fins lucrativos, entre outros campos. Elas foram classificadas de acordo com influência, quantidade de dinheiro que controla ou ganha, e presença na mídia.

“Essas mulheres de poder exercem influência de formas muito diferentes e para fins muito diferentes, e todas com impactos muito diferentes sobre a comunidade global”, disse a presidente e editora da ForbesWoman, Moira Forbes.

CASO YOKI: PROMOTOR ACREDITA QUE ELIZE MATSUNAGA NÃO AGIU SOZINHA

Elize mostra como tsria matado Marcos. Ela fez tudo sozinha?

O  promotor José Carlos Cosenzo, responsável pela acusação de  Elize Matsunaga,  ex-garota de programa  e  assassina confessa  do marido, do ex-diretor da Yoki, Marcos Matsunaga, afirmou na manhã desta quarta-feira (22) ao R7 que ainda não está descartada a participação de outra pessoa no esquartejamento e ocultação do cadáver da vítima. Segundo ele, várias versões estão sendo investigadas e não há dúvidas de que Elize — mulher do empresário — agiu sozinha ao balear o marido. O laudo da reconstituição do crime ainda não chegou oficialmente às mãos do promotor. Com base nas fotos que vazaram, ele acredita que a versão de Elize durante a simulação do crime está equivocada.

— Se ela atirou a quase 2 m de distância, é uma mentira porque o tiro provocou queimaduras. Isso só acontece se o tiro é a queima roupa, em uma distância muito curta.

Na visão de Cosenzo, a reconstituição tem um valor extremamente interessante, mas diz que a versão da ré é mentirosa e não tem sustentação. A possibilidade de pedir uma nova reconstituição do caso está descartada por enquanto. Para o promotor,  as histórias contadas pela acusada são contraditórias e nada bate. Primeiro, ela contou que Marcos Matsunaga havia sido sequestrado. Depois, disse que foi um crime passional. Na visão de Cosenzo, se fosse passional, ela ligaria para a polícia.

— Eu acho que foi um crime com motivo  torpe . Ela não queria perder o casamento, o status e a riqueza. A situação está delineada e tecnicamente provada.

Poucos dias após o crime, o promotor disse que o assassinato teve ingrediente de natureza patrimonial. Com a morte do marido, ela teria direito a um seguro de R$ 600 mil e teria a filha como uma das herdeiras do patrimônio de Matsunaga. Segundo ele, Elize ficaria com uma situação financeira invejável.

Fotos vazadas –Fotos da que mostram a versão de Elize Matsunaga para o assassinato do marido, ex-diretor da Yoki, Marcos Matsunaga, vazaram. Na reconstituição do crime, a mulher deu detalhes de como matou e esquartejou o executivo.

As imagens, que teriam sido feitas no apartamento  do casal simulam a discussão que Elize teve com o marido durante o jantar. É ela mesma quem aparece junto com um perito que faz o papel de Marcos Matsunaga. Segundo a reconstituição, depois de ser agredida  com um  tapa  no rosto, ela foi até uma cômoda, perto do bar, e pegou uma arma. Nesse trajeto, segundo a mulher, os xingamentos contra ela e a família continuaram.

No corredor, Elize teria encontrado o marido e teria sido desafiada a atirar. De acordo com a versão da mulher, o executivo foi atingido e caiu no corredor. As imagens mostram que a mulher foi até o lugar onde o casal guardava armas e desmontou a que usou para matar o marido. Ele foi até a lavanderia para começar a limpeza da casa e usou os produtos que tinha na despensa. O corpo do marido foi arrastado até o quarto de hospedes e ficou ali até o outro dia pela manhã, quando Elize começou o esquartejamento.

Governo da Bahia garante da Coelba repasse de R$ 23 milhões para a Cultura

O governador Jaques Wagner se encontra nesta quinta-feira (23), às 15h, na sede da Governadoria, com o presidente do Grupo Neoenergia, Marcelo Corrêa, e o presidente da Coelba, Moisés Afonso Filho, para assinatura de um termo de compromisso de repasse de R$ 18 milhões ao Fundo de Cultura da Bahia (FCBA).

Ainda na ocasião, será celebrada a assinatura do termo que tem como objetivo estabelecer os procedimentos para viabilizar o patrocínio ao Projeto Novo Teatro Castro Alves, através da Lei Rouanet, no valor de R$ 5 milhões. Estará presente também ao evento o secretário da Cultura, Albino Rubim, entre outras autoridades.

O FCBA, gerido pela Secretaria de Cultura (Secult), tem entre suas finalidades incentivar e estimular a produção artístico-cultural baiana, custeando total ou parcialmente projetos estritamente culturais de iniciativa de pessoas físicas ou jurídicas. O recurso destinado ao fundo pode ser deduzido do saldo devedor de empresas contribuintes do ICMS. A contribuição da Coelba para o FCBA é autorizada pela Lei 9.431/05.

COM UMA PERNA SÓ, GEGEL QUER FAZER POTIRAGUÁ ANDAR

 

Em Potiraguá, no Sul da Bahia,  o candidato a vereador Gegel, vem fazendo  uma  campanha inovadora para  os padrões da cidade, utilizando  cavaletes, mini-door e placas com foto em tamanho real..

O  slogan de campanha é “Potiraguá precisa andar, o  que chama ainda mais  a atenção, já  que Gegel teve parte da  perna esquerda amputada  após um  acidente de moto.

A  campanha de Gegel,  que  é neto do ex-prefeito Edvaldo Cardoso,  caiu  no  gosto  da juventude  que não  se cansa  de  tirar fotos ao lado das  placas e postar nas redes sociais,  como o Facebook.

Bahia Pesca entrega 200 mil alevinos a quilombolas de Itacaré


Cerca de 300 famílias de dez comunidades quilombolas de Itacaré (a 241 km de Salvador) terão, a partir desta sexta-feira (24/08), mais uma alternativa de renda e comida na mesa. Elas serão beneficiadas com a distribuição de 200 mil alevinos de tilápia.

A distribuição dos alevinos acontecerá às 10h na prefeitura do município e será acompanhada por técnicos da Bahia Pesca, que orientarão os pequenos piscicultores familiares sobre as aguadas apropriadas para o crescimento dos peixes e a alimentação adequada a ser fornecida em cada fase da vida da espécie.

“Os cuidados são necessários para que a taxa de sobrevivência dos peixes se mantenha em níveis aceitáveis e os alevinos alcancem um tamanho e peso ideal. O peixamento tem como objetivo aumentar a oferta de pescado nessas regiões e dar uma nova alternativa de renda para as famílias”, explica o subgerente de piscicultura da Bahia Pesca, Flávio Souza.

Equipamentos de Proteção em Ilhéus

A Bahia Pesca vai entregar, também em Itacaré, Equipamentos de Proteção Individual para as marisqueiras, às 9h na Colônia Z-18. Marisqueiras de Ilhéus também serão beneficiadas com as EPIs às 13h na Colônia Z-19, no Pontal, e às 16h na Apesmar-Associação de Pescadoras e Marisqueiras do São Miguel.  As ações integram o programa de fortalecimento e geração de renda para as famílias da área de implantação do Porto Sul.

ASSENTADOS DO MST PEDEM AGILIDADE NA APURAÇÃO DE ASSASSINATO

Moradores do Assentamento Frei Vantui, ligado ao MST,  na rodovia Ilhéus-Itabuna, realizaram um ato cobrando agilidade na apuração dos responsáveis pela morte da ex-assentada Genilce Pereira dos Santos, de 59 anos.

Genilce era secretária do assentamento e foi encontrada morta no dia 18 de julho, na casa onde morava. Ela vinha sofrendo ameaças por denunciar irregularidades no assentamento. Mais de um mês após o crime, a polícia não concluiu as investigações.

Preso com crack escondido na cueca

tá com crack na cueca…

Investigadores da 11ª Delegacia Territorial (DT/Tancredo Neves) prenderam, na manhã desta terça-feira (21), Dirceu Carvalho Silva, de 24 anos, que portava 42 pedras de crack e dois pinos de cocaína dentro de um saco plástico escondido na cueca. Ele estava na Travessa Geraldo Galo, em Sussuarana Velha, com outros dois homens, quando viu a aproximação de uma viatura da Polícia Civil, caracterizada, e tentou fugir na companhia dos comparsas, que acabaram escapando à perseguição.

Conduzido à 11ª DT, Dirceu disse que estava levando a droga para ser comercializada no Bairro da Paz, onde também reside com os pais, na Segunda Travessa Paripiranga. Os policiais, que estavam em Sussuarana para fazer a entrega de algumas intimações, apreenderam ainda, com o traficante, a quantia de R$ 91, um celular e um pacote de papel destinado à embalagem de droga.

Autuado em flagrante por tráfico de drogas pelo titular da 11ª DT, delegado Guilherme Machado, Dirceu confessou ser o dono do entorpecente, negando, no entanto, que conhecesse as duas pessoas que fugiram dos policiais. O traficante está custodiado na carceragem da unidade policial, à disposição da Justiça Criminal.

AINDA BEM QUE ELA NÃO PRECISOU DE UM ABSORVENTE: ESTUDANTE DE DIREITO BEBADA TENTA FUMAR NOTA DE 50 REAIS E LIGAR CARRO COM CANUDINHO

A OAB NÃO CURTIU ISSO…

JEQUITIBÁ E CACAU, TUDO A VER

A imagem de um jequitibá derrubado em Camacan, no Sul da Bahia, correu o mundo

Matéria  veiculada  no programa Globo Rural mostrou o trabalho realizado pela Ceplac e pelo Instituto Cabruca para a preservação do Jequitibá, árvore-símbolo da região cacaueira.

A reportagem esteve em Ipiaú e Ubatã, nas fazendas Segredo e Boa Lembrança, onde técnicos da Ceplac faziam o trabalho de cadastramento das árvores, etapa inicial que vai fornecer dados para o georreferenciamento das árvores.

De acordo com Durval Libânio, presidente do Instituto Cabruca, o trabalho é importante porque busca preservar as árvores que são importantes para o cultivo do cacau, mas também garante a conservação de espécies nativas da Mata Atlântica ameaçadas de extinção.

“Além da sua importância para a lavoura, porque consegue compensar a falta de chuva, recicla nutrientes e contribui com matéria orgânica, as árvores da cabruca podem agregar valor à produção quando se observa a roça como um espaço produtivo. Podem ser utilizadas para atrair ecoturistas, para a prática de arborismo e mesmo para auxiliar na educação ambiental de crianças e jovens”, afirma Libânio.

O trabalho de cadastramento também vai servir como referência para o pleito de tombamento do Jequitibá como patrimônio natural, cultural e paisagístico do sul da Bahia.

A Ceplac desenvolve na região cacaueira do sul da Bahia o projeto Conservação Produtiva, que tem como objetivo gerar renda ao produtor e garantir a conservação de espécies nativas através do manejo adequado do espaço produtivo – observando os preceitos do desenvolvimento sustentável em seus aspectos econômicos, sociais e ambientais.

Link Globo Rural: http://g1.globo.com/economia/globo-rural/videos/t/edicoes/v/conheca-o-trabalho-de-preservacao-dos-jequitibas-na-zona-cacaueira-da-bahia/2091880/

 

PRORROGADO O PRAZO PARA A RENEGOCIAÇÃO DAS DÍVIDAS DO CACAU

Foi  aprovada ontem (21), na Câmara dos Deputados, a MP 565 que altera o prazo da dívida dos produtores de cacau.O  deputado federal Geraldo Simões (PT), que defendeu a aprovação na Câmara, disseque com  a  MP  os  produtores terão mais tempo para renegociar  suas dívidas  em  condições favoráveis  graças aos incentivos  do  Governo Federal.

De acordo com a MP 565, foi alterada para 31 de dezembro de 2013 a data limite dos prazos fixados para a liquidação ou renegociação de operações de crédito, para a concessão de descontos, para a suspensão de execuções fiscais, para a prescrição de dívidas rurais, e para a contratação de novas operações de crédito

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
agosto 2012
D S T Q Q S S
« jul   set »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031