hanna thame fisioterapia animal
livros do thame

Archive for junho 10th, 2012

FALCÃO VOA BAIXO E BAHIA PATINA NA ZONA

 

 

Depois de ganhar o campeonato estadual enfrentando galinhas mortas e ainda assim a duras penas, o Bahia cai na real: em quatro jogos pelo Campeonato Brasileiro, duas derrotas e dois empates.

Hoje, o time de Falcão perdeu em casa para o Vasco por 2×1 e saiu de campo vaiado pela torcida. Com apenas dois pontos ganhos, o Bahia flerta perigosamente com a zona de rebaixamento.

O lanterna, acreditem, é o Corinthians com apenas um empate em quatro jogos. Mas o Timão está mesmo é com a cabeça nas semifinais da Libertadores, já que na quarta-feira pega o Santos.

MULHER QUE MATOU MARIDO EXECUTIVO DA YOK RECLAMA DE CELA DA CADEIA: “É MENOR DO QUE A CAMA DA MINHA COBERTURA”

Elize (com Marcos no detalhe) sente falta da cama

 

A bacharel em direito Elize Matsunaga, 30, reclamou para policiais civis da cela de nove metros quadrados onde se encontra presa, a cadeia pública de Itapevi (Grande São Paulo). Segundo os policiais, Elize, comparou a cela com a cobertura onde vivia até ser detida. Ela disse que a cela é menor do que a cama em que dormia antes de ser presa.

Elize, confessou de ter matado e esquartejado o marido, Marcos Matsunaga, 42, um dos herdeiros da Yoki Alimentos. A polícia apurou que, ao questionar o marido sobre uma suposta traição, ele teria dito que ficaria com a guarda da filha e a “mandaria de volta para o lixo em que ela vivia”, numa referência do fato dela ter sido garota de programa. 

ELEIÇÃO NÃO É CONCURSO DE MISS

Entra eleição, sai eleição e em Itabuna repete-se como mantra: “vou votar no candidato tal porque ele é simpático”. O quesito competência passa longe na hora em que o dedo, acionado pelo cérebro (seria?) aperta a tecla sim e confirma o voto.

Vota-se muito mais com a emoção do que com a razão e o resultado se vê nos quatro anos seguintes. O sujeito se elege, continua bonachão, mas administrar que é bom,  deixa isso pro cara do cafezinho ou a moça da limpeza.
O problema que eleição não é concurso de miss e muito menos escolha de missa simpatia.

Exemplo real: Dilma Rousseff está longe de ser um primor de simpatia, apesar no trato no visual. É sim uma gerente, que encarou o desafio de substituir o mito Lula e está se saindo melhor do que a encomenda.
Portanto, menos atenção no sorriso colgate e mais na capacidade administrativa, que isso aqui não é província de fim de mundo e sim uma cidade metrópole.

PORTO, QUE PORTO?

O vice-prefeito  Antonio Vieira, homem sério a ponto de ter deixado o comando da Secretaria de Saúde por, segundo ele, não compactuar com ´pecadões´, cometeu um pecadilho ao justificar a ausência do prefeito Capitão Azevedo na audiência pública do Porto Sul em Itabuna.

Vieira alardeou que Azevedo, naquele momento, estava viajando para trazer obras para Itabuna.

A menos que o fechamento da composição com o PMDB para as eleições municipais seja uma grande obra para Itabuna, verdadeiro motivo da ausência do capitão-prefeito,  Vieira ancorou no porto errado. Ou jogou pra torcida.
E olha que Itabuna, maior pólo comercial e prestador de serviços do Sul da Bahia, será um dos municípios mais beneficiados com o empreendimento.

Se o cara do cafezinho ou a moça da limpeza apareceram na AABB, não se manifestaram.

CEPLAC, RIO+20 E A VELHA MENTALIDADE OBTUSA

A presença da Ceplac/Sul da Bahia na Rio+20, com a apresentação do projeto de Conservação Produtiva de Cacau, deveria ser motivo de orgulho.

Mas há quem, escancaradamente, torça contra e reze com as mãos contritas para que tudo não passe de balela, propaganda enganosa, espuma.

Repete-se, no caso da Ceplac na Rio+20 e velha mania grapiuna de gastar  dois reais para que outra pessoa não ganhe um real, tese espetacularmente cunhada por Helenilson Chaves, ele mesmo tantas vezes vítima de desse (mau) hábito.

BAIÃO DE TRÊS

Como era previsível, aquela profusão de pré-candidatos a prefeito de Itabuna na virada de 2011 para 2012 vai trombando com a realidade.

Passado o barulho dos fogos e o som do forró junino, quando a oncinha se apresentar para beber água na fonte, sobrarão apenas quatro ou cinco candidatos no páreo, dois deles com chances reais e um na cota do imprevisível, o que  aliás ocorreu em 2008.

Enfim, quando o jogo é jogado, o seu Zé da Padaria volta pra padaria, o seu João da Farmácia volta pra farmácia e o seu Mané do Açougue volta pro açougue.

QUEM PASSA PELA PENEIRA?

Diante da sucessão de escândalos na Câmara de Itabuna, numa das mais vergonhosas legislaturas daquela nem tão gloriosa casa de leis, a pergunta é: quem passará pela peneira das urnas e renova o mandato?
Serão 19 e não mais 13 as vagas em disputa.

A resposta está menos com os caros edis e mais com os caros (às vezes no sentido literal) eleitores.

NEYMAR AINDA É ZAROLHO EM TERRA DE CEGO

Neymar é sim um fora de série, mas ainda não atingiu o estágio de Lionel Messi, apesar do ufanismo dos galvãosbuenos da mídia.

Nas vezes em que foi efetivamente testado na seleção brasileira, como na Copa América e nos recentes amistosos contra  México e Argentina, sumiu em campo.

Neymar deita e rola no futebol brasileiro, essa terra de cegos da bola. Inquestionável.

Mas, embora tenha potencial pra isso e provavelmente chegará lá, ainda não é um craque planetário.

Messi  já é.

 

 CHARGE DA SEMANA

FRASE DA SEMANA

“Vocês ficam aí preocupados com uns caranguejinhos, umas tartaruguinhas, uma plantinhas e o povo sem emprego, passando fome. Vamos deixar de viadagem, que nós precisamos mesmo é que comecem as obras é do Porto Sul”.

Do produtor rural Marcelo Abrantes, durante a audiência pública do Porto Sul em Uruçuca, sutil como um tubarão em praia de lambaris, arrancandorisos da platéia.

 

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
junho 2012
D S T Q Q S S
« mai   jul »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930