hanna thame fisioterapia animal
livros do thame

Archive for janeiro 20th, 2012

CÃES E GATOS PARA ADOÇÃO

 

A Associação Amigos dos Animais   promoverá a II Feira de Adoção de Cães e Gatos, neste sábado (21), a partir das 10 horas,  na praça Octávio Mangabeira (Camacã), em Itabuna.

 Serão mais de 20 cães e gatos filhotes e adultos, já imunizados, disponíveis para adoção.

 

 

Mentor de chacina em Ilhéus é preso

casa foi destruida após chacina

O trabalho de investigação da 7ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin) levou à prisão do traficante José Carlos Souza dos Santos, o “Chupado”, de 24 anos, na quinta-feira (19). Ele é acusado de ser o mentor da chacina que deixou quatro mortos, na localidade conhecida como Alto do Iraque, no distrito de Banco da Vitória, em Ilhéus, na segunda-feira (16).

         Os investigadores localizaram José Carlos escondido, em casa de parentes, na zona rural de Ilhéus. Ele não ofereceu resistência ao ser preso.Segundo o titular da 7ª Coorpin, delegado Irineu Alves, José Carlos queria se vingar de outro traficante de pré-nome Isac, que o ferira no peito com um caco de garrafa durante uma briga, alguns dias antes, em um bar, naquela região.

Para se vingar, “Chupado” chamou alguns criminosos, entre eles, o irmão Elinaldo Souza dos Santos, o “Sebinho”, 32, e o primo Alexandro de Souza Menezes, o “Alex”, 24, que estão foragidos, mas já têm prisão temporária decretada e são procurados pela polícia.

MAIS PRISÕES

Além de “Chupado”, a polícia também prendeu quatro suspeitos de terem participado da mesma chacina. São eles: Fagner Reis dos Santos, 23 anos, Igor Vinícius Carvalho dos Reis, 19, Mateus da Silva Santos, 19, e Nivaldo de Jesus Silva, 31. A 7ª Coorpin investiga agora qual o nível de participação de cada um deles no crime.    

Na noite de segunda-feira, José Carlos e os comparsas foram até o Alto do Iraque, onde funcionava o ponto de venda de drogas de Isac. Eles chegaram a bordo de um carro preto e atiraram contra as pessoas que estavam no local.  As quatro vítimas da chacina foram Moisés Souza Santos, 25, Zaqueu Ricardo dos Santos Júnior, 21, Jaziel Santos da Silva, 25, e um adolescente de 17 anos, todos envolvidos com o tráfico de drogas.

O alvo do atentado,  Isac, conseguiu escapar e está sendo procurado. Depois da execução, os criminosos ainda atearam fogo à casa que abrigava o ponto de venda de drogas e pertencia a uma amiga das vítimas.  A mulher, uma criança e um adolescente, que estavam no imóvel, conseguiram escapar do incêndio.  

GOVERNO FEDERAL: ITABUNA RECEBEU R$ 129 MILHÕES EM 2011. ILHÉUS LEVOU R$ 153 MILHÕES

 

 ILHÉUS: R$ 153.430,940, 01   

 

 

ITABUNA: R$ 129.297.824,44

 

LUIZA VAI QUERER VOLTAR PRO CANADÁ, SEM FAZER ESCALA EM SALVADOR

“Pai, me manda de volta pro Canadá. Virar axé, nããããão!”

Aproveitando o sucesso de Menos a Luíza, que está no Canadá, o compositor paulista Heitor Osses  a música “Luiza no Canadá”.  Como a chance da musica emplacar pra valer lá na paulicéia é nula, Heitor passou a obra para um grupo musical (sic) que toca no  carnaval baiano, pegando uma carona  no sucesso de Luiza, que pode já ter voltado do Canadá, mas com certeza não vai subir no trio elétrico pra rebolar ao som dessa preciosidade.

Confira a letra da musica (sic, de novo) 

Rubinho vai de Ferrari 
Luan vai de Santana 
Eu vou de van 
Pra levar minhas “barangas” 
Vai rolar a festa 
Todo mundo vai tá lá 
Menos a Luiza, que está no Canadá 
Tcha, tcha, tcha! 
Tcha, tcha, tcha, tcha, tcha! 
Menos a Luiza, que está no Canadá 
Tcha, tcha, tcha! 
Tcha, tcha, tcha, tcha, tcha! 
Menos a Luiza, que está no Canadá 

Escolas estaduais da Bahia terão produtos da agricultura familiar na merenda

Após a primeira compra de produtos da agricultura familiar para a alimentação escolar em 270 escolas públicas estaduais em 2011, com a aquisição de nove produtos de oito cooperativas, mais uma etapa será ampliada. Este ano, serão atendidas mais de 1,4 mil escolas de toda a Bahia e, nessa nova etapa, 40 cooperativas vão fornecer mais de 100 produtos para todas essas instituições educacionais.

O assunto foi debatido no auditório da Secretaria de Agricultura, entre o superintendente da agricultura familiar da Seagri, Wilson Dias e representantes da Secretaria de Educação, diretores de escolas estaduais, o MDA, a UNICAFES-BA, a Agendha e as cooperativas.

De acordo com Wilson Dias, a oportunidade da agricultura familiar vender produtos para alimentação escolar permite não só que produtos de qualidade cheguem às escolas, mas, sobretudo, gera riqueza local para os agricultores familiares e as cooperativas. Para ele, a ideia não é simplesmente vender o produto, mas estimular na prática, a partir do planejamento, da perspectiva real de vendas, da organização da base de produção, de elevação da auto-estima dos agricultores, a criação de reais possibilidades de cooperativas de agricultura familiar se fortalecerem.

 A iniciativa atende a uma lei que  determina a utilização de no mínimo 30% dos recursos repassados pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) para a alimentação escolar, através da compra de produtos da agricultura familiar e do empreendedor familiar rural ou de suas organizações, priorizando os assentamentos de reforma agrária, as comunidades tradicionais indígenas e as comunidades quilombolas, com um potencial de transferir para os Empreendimentos da Agricultura Familiar um valor de R$ 30.000.000,00 (trinta milhões) em aquisição dos seus produtos.

UMIDADE “ROUBATIVA” DO AR

QUAL É A MÚSICA, EDUARDO ANUNCIAÇÃO?

aumenta o som do gramophone aí, DJ…

Em sua prestigiada  coluna Gente, Política e Poder, publicada no Diário Bahia, o jornalista Eduardo Anunciação tasca uma foto do colunista Charles Henri, todo enfatiolado, jovenzito, a dançar num daqueles bailes dos anos de ouro do cacau.

E perpetra: naquele tempo se ouvia Cazuza, Paralamas do Sucesso, Sandra Sá, Lobão.

Um rápido teste de carbono 14 (utilizado para registrar com precisão a idade de fósseis) demonstra que Eduardo não passaria pelo famoso quadro “Qual é a Música, Maestro?).

Pela foto, o que se ouvia naqueles bailados era Noel Rosa, Lupicínio Rodrigues, Aracy de Almeida, Dalva de Oliveira.

Daí pra baixo…   

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
janeiro 2012
D S T Q Q S S
« dez   fev »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031