hanna thame fisioterapia animal
livros do thame

Archive for outubro 26th, 2011

Estelionatário enganava idosos

Eis o senhor Estélio Natário

O estelionatário Antônio Carlos Pereira, 54 anos, foi preso por policiais militares, no km 67 da BR 110, em Olindina, a 209 quilômetros de Salvador, acusado de aplicar golpes em idosos com dificuldades de utilizar caixas eletrônicos de auto-atendimento. Em seu poder, os policiais apreenderam nove cartões bancários de pessoas diferentes e R$ 565,00 em espécie.

         Segundo a delegada Vânia Cruz Ferro, titular da Delegacia Territorial (DT) – Olindina, o criminoso, que agia na região há cerca de quatro meses, tem passagens pela polícia de São Paulo e de Santa Catarina por receptação e estelionato. Sempre bem vestido, ele ia às agências bancárias da cidade, escolhia as vítimas, de preferência idosos, e se oferecia para ajudá-las com as operações, pedindo, para tanto, as senhas dos cartões.

         Antônio costumava trocar o cartão da vítima por outro cartão semelhante e, assim, efetuar saques bancários horas depois. Na terça-feira, uma das vítimas prestou queixa na delegacia, fornecendo uma descrição do golpista, que já estava a caminho da cidade vizinha de Inhambupe, onde acredita-se aplicaria mais um golpe. Ele agora ficará custodiado na carceragem da DT de Olindina, à disposição da Justiça.

É DO BRASIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIL!

Do impagável Zé Simão, no UOL:

Dilma Roussef é Medalha de Ouro

no arremesso de ministros.

Imbatível.

Do jeito que as coisas andam, o ultimo que

sair apaga a luz. Isso se não roubaerem a lâmpada antes…

 

Porto Sul inclui programas para fortalecer a pesca

Programas que irão monitorar a pesca em Ilhéus e apresentar medidas para fortalecer o setor pesqueiro na região estão entre as medidas sugeridas no Estudo de Impactos Ambientais (EIA) do Porto Sul, como forma de mitigar os impactos do empreendimento do Governo da Bahia. O assunto foi abordado nesta quarta-feira (26), na sede da colônia de pescadores Z-34, num encontro entre representantes do Estado, Bahia Mineração e pescadores cadastrados na colônia, situada na zona norte ilheense, e membros da Z-18, de Itacaré.

O Governo participou da reunião por meio das Secretarias de Desenvolvimento Urbano (Sedur), Relações Institucionais (Serin) e Casa Civil. No evento, onde foram transmitidas informações do Relatório de Impactos Ambientais do Porto Sul, o presidente da Bahia Pesca, Isaac Albagli, ressaltou que os estudos antecipam os impactos positivos e negativos do empreendimento e, para cada um destes, apontam medidas mitigadoras, ou seja, aquelas que atenuam ou até mesmo anulam os impactos negativos. Para a pesca, o estudo aponta a necessidade de se desenvolverem programas de monitoramento, o que já está na pauta do governo e do parceiro privado do Porto Sul, a empresa Bahia Mineração. Também presentes à reunião, representantes da Bamin explicaram que o monitoramento é “dinâmico e ativo”, pois prevê ações para incentivar a área da pesca.

Albagli mencionou projetos já desenvolvidos pela Bahia Pesca em outras partes do litoral baiano, como a instalação dos chamados atratores de pesqueiros. “Já temos tecnologia e pessoal capacitado para implantar esses mecanismos com rapidez, em até trinta dias”, ressaltou. O presidente da empresa estatal observou também que portos off shore, como será o Porto Sul, acabam favorecendo a reprodução de várias espécies de pescado em seu quebra-mar, o que ocorre em terminais marítimos como os de Aracaju e Fortaleza.

Um projeto da Bahia Pesca para estimular a atividade, citado pelo presidente, foi o “Pescadores do Futuro”, cujo propósito é capacitar jovens pescadores. “O filho do pescador tem uma tendência de fugir da profissão, mas isso pode mudar na medida em que seja oferecida tecnologia e treinamento”, aposta Albagli.

O presidente da Colônia Z-34, Reynaldo Oliveira dos Santos, o “Zé Neguinho”, lembrou a importância dos estudos para se evitar os mesmos impactos ocorridos após a implantação do Porto do Malhado, na década de 70. Para ele, “ao se pensar nos impactos, deve-se adotar cuidados para que o projeto beneficie por mais tempo a comunidade”.

Geraldo Simões “agricultura familiar combate miséria”

O deputado federal Geraldo Simões fez um pronunciamento em que destacou importância da Agricultura Familiar para o desenvolvimento do mercado interno, melhoria da condição de vida da população do interior, particularmente a rural e combate á fome em todo o mundo.Levantamentos recentes apontam que cerca de um bilhão de pessoas passam fome cotidianamente, praticamente o mesmo número dos que passam fome crônica, ou seja, nunca consomem o suficiente para suprir suas necessidades e quase 280 milhões de crianças até 5 anos estão desnutridas.

No entanto, mais da metade dos alimentos consumidos no mundo são produzidos pelos pequenos agricultores, basicamente através da agricultura familiar. Com relativamente pequeno investimento, a produção da agricultura familiar será suficiente para atender a demanda de alimentos, gerando mais renda ao agricultor e incluindo-o no mercado.

De acordo com Simões, “o estímulo à agricultura familiar é benéfico em diversos aspectos. Em primeiro lugar, permite a melhoria das condições alimentares dos pequenos agricultores, que destinam parte de sua produção para o consumo próprio. Em segundo lugar, permitem a permanência das famílias rurais no campo, evitando a emigração em busca de alternativas de vida”.

Seminário mostra vantagens da produção de Própolis e Pólen

       A produção nacional de pólen é insuficiente para atender à demanda potencial de 150 toneladas ano e apicultores que estão investindo no novo negócio, registram resultados que podem ser ainda melhores, se divulgados os benefícios para a saúde humana do consumo diário dessa matéria prima das abelhas para o fabrico do mel. O comentário do pesquisador da Ceplac Ediney de Oliveira Magalhães ocorreu na solenidade de abertura 1º Seminário Brasileiro de Própolis e Pólen, realizado no auditório  do Centro de Pesquisas do Cacau (Cepec) da Ceplac.

       O evento se realiza conjuntamente com o VI Seminário de Própolis do Nordeste, V Encontro Nacional de Produtores de Pólen e Feira de Produtos Apícolas, reúne 510 participantes distribuídos pelas delegações dos estados de Alagoas, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Piauí, Rio de Janeiro, São Paulo, Sergipe e Tocantins, além de comitivas de diversas cidades baianas. Estão programadas palestras, mesas-redondas, minicursos, oficinas e visita técnica ao pólo de produção de pólen de Canavieiras, a582 kmde Salvador, na sexta-feira, 28.

ONU EXIGE FIM DO BLOQUEIO ECONÔMICO A CUBA

A Assembléia Geral da ONU exigiu nesta terça-feira (25), pelo vigésimo ano consecutivo, o fim do bloqueio norte-americano imposto a Cuba há meio século, em uma resolução adotada por uma maioria esmagadora de 186 países. A resolução foi adotada por 186 votos a favor, apenas dois contra (Estados Unidos e Israel) e três abstenções. 
“O dano econômico direto contra o povo cubano supera os 975 bilhões de dólares”, disse o chanceler cubano Bruno Rodríguez, ao defender a resolução que condena o bloqueio e exige seu fim diante da Assembleia Geral reunida em Nova York.

Rodríguez lembrou que em 1991 e no ano seguinte foi incluída pela primeira vez a questão de eliminar o bloqueio contra Cuba. “É inacreditável o fato de que, 20 anos depois, esta Assembleia continue considerando este assunto”, afirmou Rodriguez, reiterando que “os Estados Unidos nunca ocultaram que seu objetivo é derrubar o governo revolucionário cubano”. “Agradeço o apoio de todos os países que, nesses 20 anos, têm votado a favor do fim do bloqueio”, disse.

DOUTOR DO ARAGUAIA: UMA HISTÓRIA DE AMOR AO PAÍS E AO POVO

Jaques Wagner: “Porto Sul vai atrair novos investimentos”

A importância da audiência pública do Ibama para a apresentação do EIA/Rima do Porto Sul, que acontece no próximo dia 29, no Centro de Convenções de Ilhéus, foi destacada pelo governador Jaques Wagner. Segundo ele, a audiência é uma oportunidade para esclarecer a população sobre todos os detalhes do projeto, e “mostrar que o Porto Sul é fundamental para Ilhéus, Itabuna e toda a região, aliado à Ferrovia Oeste-Leste e ao gasoduto da Petrobrás, que traz o gás natural. Com isso,  teremos a infraestrutura, o porto, o novo aeroporto e energia do gás natural”.

         Wagner afirma não ter duvidas que , além da Bamin, que vai exportar minérios pelo porto, várias outras empresas, inclusive de outros estados, vão utilizar o Porto Sul. Será um porto de grande calado, para embarcações modernas, colocando o Sul da Bahia com um dos grandes centros portuários no mundo. “Poderemos exportar grãos, algodão e minérios do Oeste Baiano e importando insumos. Vamos deixar pronta uma infraestrutura que vai garantir a chegada de novos investimentos e de novas indústrias, gerando mais empregos para a população”, ressalta.

          O governador diz que toda a equipe de governo que está envolvida na implantação do Porto Sul e integrantes do Governo Federal estarão presentes à audiência,  para  reforçar a importância do Porto Sul. Segundo ele, “existem outros operadores portuários no país que não tem interesse que a Bahia se credencie com um porto moderno aliado a uma ferrovia, porque as cargas que hoje saem do nosso estado e hoje vão para outros portos passarão a ser embarcados aqui mesmo”. “É claro que existe uma disputa comercial e temos que estar atentos a isso,  porque a região toda já abraçou a proposta da Ferrovia Oeste Leste e do Porto Sul’, afirma.

            Ele faz questão de ressaltar que tudo será feito dentro dos padrões ambientais. “A ferrovia e o porto não prejudicarão outras atividades como o turismo e o cacau, ao contrário, elas se complementam, a exemplo de portos do mundo inteiro, que estão até mais próximos de áreas urbanas ou zonas agrícolas. Essa é uma luta desde que fui ministro do presidente Lula, que continuou como governador e que agora está se concretizando”, diz o governador.

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
outubro 2011
D S T Q Q S S
« set   nov »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031