hanna thame fisioterapia animal
livros do thame

Archive for outubro 13th, 2011

Wagner estranha críticas vindas de fora da Bahia ao Porto Sul

Jaques Wagner e o jogo de interesses contra o Porto Sul

 O governador Jaques Wagner, que participou hoje (13) do almoço-palestra promovido pelo Grupo de Líderes Empresariais – Lide,em Belo Horizonte, defendeu o projeto Porto Sul, segundo ele um investimento fundamental para o desenvolvimento da Bahia. “Estranhamente, há mais gente de fora da Bahia contrária ao projeto”, afirmou. Em relação ao Pré-sal (reserva estimada de 1,6 trilhão de metros cúbicos de gás e óleo no subsolo, abaixo de uma camada de sal no leito do mar da costa brasileira), o governador tem uma posição clara, defendendo a divisão equitativa dos royalties. “Acho que essa riqueza nova, essa megadescoberta brasileira, que Deus colocou lá embaixo, deveria fazer bem para todo o mundo”.

Participaram do almoço, além de 100 empresários mineiros, três ex-ministros: Paulo Paiva, do governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso; Patrus Ananias e Valfrido dos Mares Guia, ambos do governo do ex-presidente Lula. Wagner, ao falar sobre as exigências impostas pela Fifa ao governo brasileiro para a Copa de 2014, defendeu a compatibilização das demandas da entidade internacional do futebol com o escopo jurídico do Brasil. “Há de se encontrar um ponto de equilíbrio”, ponderou.

APREENSÃO RECORDE DE ARREBITES NA BAHIA

um festival de bolinhas, fora de circulação autuação de várias farmácias irregulares.

A Polícia Rodoviária Federal na Bahia, em ação conjunta com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) e Conselho Regional de Farmácia (CRF/BA), realizou entre os dias 10 e 12, uma grande operação para combater a comercialização e a venda ilícita de medicamentos na BR 116-Sul e BR 324.A Operação Morfeu fiscalizou diversas farmácias ao longo das rodovias, culminando com a prisão de dez pessoas por vender medicamentos falsos e/ou de comercialização proibida, totalizando 228.912 unidades de medicamentos e um frasco de lança-perfume apreendidos; além da interdição e autuação de várias farmácias irregulares.

O combate ao tráfico, comercialização e consumo de anfetaminas passou a ser alvo da PRF, após perceber sua relação direta com acidentes graves, especialmente com vítimas fatais e/ou lesões graves e incapacitantes.

Segundo os agentes da ANVISA, o valor estimado supera a cifra de R$ 1.125.000,00 (um milhão, cento e vinte e cinco mil reais) apenas com a apreensão de Desobesi-m (anfetamina usada como “arrebite”) que nesta operação ultrapassou os 225.000,00 medicamentos.

Os “arrebites”, como são mais conhecidos, são usados por muitos motoristas irresponsáveis para prolongar a quantidade de horas ao volante sem sentir sono e precisar parar para descansar. Contudo, essa sensação é falsa, pois o condutor sob efeito desses medicamentos perde a noção do perigo, sofre alucinações ao volante e em geral dirigem com imprudências extremas, provocando acidentes que destroem muitas vezes famílias inteiras, tamanha é a violência desses acidentes.

Os levantamentos de acidentes envolvendo veículos de carga no período noturno em 2010 apontaram 1605 acidentes, com 372 feridos e 84 mortos. Este ano, o número de acidentes já soma 1177, com 226 feridos e 37 mortos.

O DRAMA DE MANOEL

 

Há três meses, quando voltava de Eunápolis, onde foi visitar a mãe, para Arataca, onde reside, Manoel Messias dos Santos Ventura sofreu um acidente de automóvel e ficou tetraplégico.

Desde então, além da dor pela imobilidade, Manoel sofre com o descaso na saúdeem Itabuna. Jáse vão noventa dias e ele não consegue ser submetido a uma cirurgia que, ao menos, possa permitir que ele utilize uma cadeira de rodas.

Ele está internado no Hospital de Base de Itabuna, mas a cirurgia só pode ser feita no Hospital Calixto Midlej, da Santa Casa de Misericórdia. O problema é que quando tem vaga no centro cirúrgico, não tem médico. E quando tem médico, não tem vaga no centro cirúrgico.

Do desafortunado Manoel nem se pode dizer que espere sentado pela melhoria na saúde pública.

Que espere dolorosamente deitado.

OS DONOS DAS CALÇADAS

 

Em Itabuna, alguns comerciantes fazem das calçadas a extensão de suas lojas.

Com isso, os pedestres são obrigados a transitar pela rua, correndo o risco de serem atingidos pelos carros.

O fotógrafo Jorge Bittencourt registrou, numa única manhã, quatro flagrantes de invasão irregular de calçadas no centro da cidade.

Já a fiscalização, não registra nada, cegueta que costuma ser.

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
outubro 2011
D S T Q Q S S
« set   nov »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031