hanna thame fisioterapia animal
livros do thame

Archive for setembro 4th, 2011

ACARAJÉ DE URUBU: BAHIA DETONA O MENGO POR 3X1

o urubu já sabe o que é que o Bahia tem

Em ritmo de Stock Car, o Bahia atropelou o Flamengo no Rio de Janeiro e venceu por 3×1. Com isso, o tricolor respira e está fora da zona de rebaixamento. Já o Mengo, que namorou a liderança, desce ladeira abaixo feito um bonde sem freio.

O Bahia fez 1×0, levou o empate mas não teve dificuldade em vencer, apagando a péssima imagem daquele 0x0 horroroso contra o América/MG no meio de semana em Pituaçu. A luta é se manter na séria A e, quem sabe, beliscar uma vaga na Sul Americana.

BAMBITO AGRADECE

Além de Bahia 3×1, o Vasco tomou de 4×1 do lanterna América/MG e o Corinthians perdeu de 1×0 para o Coritiba. O São Paulo, que no sábado venceu o Figueirense por 2×1, agradece a bobeada dos rivais e está na briga pelo título.   

DEPOIS DO SUCESSO DA STOCK CAR, WAGNER QUER FORMULA INDY NA BAHIA

Stock Car consolidada, Wagner acelera pra trazer a Fórmula Indy

 

Milhares de pessoas nas arquibancadas e camarotes, 43 pilotos das categorias Copa Caixa (30) e Mini Challenge (13) e um só destino: Circuito Ayrton Senna, em Salvador. Todos quiseram ver de perto o GP Bahia Stock Car que, pelo terceiro ano consecutivo, movimentou as avenidas do Centro Administrativo da Bahia (CAB), aqueceu a economia local e acelerou as batidas dos corações de quem é apaixonado por automobilismo. Personalidades baianas e autoridades, entre elas, o governador Jaques Wagner, a primeira-dama do Estado, Fátima Mendonça, e secretários estaduais prestigiaram neste domingo (4) a vitória de Thiago Camilo na 8ª etapa da Copa Caixa.

Cerca de dez mil turistas desembarcaram em Salvador para assistir ao evento. O secretário do Turismo, Domingos Leonelli, observou que boa parte dos órgãos estaduais se envolveram para o sucesso do GP Bahia Stock Car. “O Turismo, a Comunicação, o Derba, enfim, uma articulação muito grande que deu certo e está funcionando”.

Leonelli também frisou o reflexo na economia tanto na ocupação hoteleira, quanto na divulgação do destino Bahia. “Turisticamente é sucesso absoluto. Prova disso foi a ocupação hoteleira. Para montar e desmontar esse circuito também são gerados milhares de empregos. São horas e horas de divulgação pela televisão, pelos jornais e revistas no Brasil e no mundo”.

arquibancadas lotadas, show na pista (foto Haroldo Abrantes/Secom)

Há três anos, o comentarista e narrador esportivo Reginaldo Leme desembarca em Salvador para acompanhar de perto as emoções da Stock Car. “Me entusiasmo muito desde o primeiro ano. Salvador compreendeu direitinho que era necessário mexer um pouquinho na pista por causa da ultrapassagem. Acho que é um benefício muito grande e Salvador responde a esse apoio, a esse investimento. O público

De acordo com o governador Jaques Wagner, uma das metas do governo é ampliar a realização de eventos esportivos na Bahia. “Estamos super satisfeitos com o evento do ponto de vista da movimentação da cidade. Uma corrida de carro é sempre algo diferenciado. A exemplo do tênis em Sauípe. Dá um charme que Salvador merece. Estamos batalhando pelo futebol de areia, entre outros esportes. Queremos abraçar a cadeia do turismo esportivo.”

Wagner falou ainda sobre as negociações para Salvador receber a Fórmula Indy. “Estamos acertando os valores para tentar trazer a Fórmula Indy. Há dois anos, os organizadores pediram um valor muito alto e a competição acabou indo para São Paulo. Me chamaram novamente para conversar, fui a Indianápolis conversar e o interesse existe de lá pra cá.”

DEPUTADO QUER CORRUPÇÃO COMO CRIME HEDIONDO E INAFIANÇAVEL. OS CAMELOS PASSAM PELO BURACO DA AGULHA…

os camelos passam pela agulha, já a lei anti-corrupção...

O deputado federal Roberto de Lucena (PV-SP) vai apresentar projeto de lei no Congresso Nacional, tornando a corrupção um crime hediondo e inafiançável. Segundo Lucena, “a corrupção é covarde, predadora e perniciosa e deve ser  considerada a inimiga número um do Brasil”. O parlamentar afirma ainda que a corrupção suga os  recursos que deveriam estar sendo destinados para a educação, a saúde, a segurança pública, os programas sociais, e os coloca a serviço de alguns. “Ela deve ser tratada como crime hediondo e inafiançável pelos danos terríveis que impõe a tantos”, propõe.

Para virar lei, o projeto precisa ser aprovado pelos deputados e senadores antes de uma eventual sanção da presidenta Dilma.

A proposta de Lucena é tão elogiável quanto impossível. Dado que boa parte dos nossos parlamentares possui folha corrida em vez de currículo, é mais fácil um monte de camelos passarem -ao mesmo tempo!- pelo buraco de uma agulha do que esse lei passar pelo painel eletrônico do Congresso.

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
setembro 2011
D S T Q Q S S
« ago   out »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930