hanna thame fisioterapia animal
universidade lasalle livros do thame

Archive for agosto 24th, 2011

PROGRAMA ‘É BOM SABER’ APOIA ESTUDANTES NO ACESSO AO ENSINO SUPERIOR

Jaques Wagner: expansão do ensino superior

Os alunos da rede pública estadual terão um grande aliado, a partir da próxima segunda-feira (29), para ampliar seus conhecimentos e se preparar para as provas do vestibular e do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) – o programa ‘É Bom Saber’, apresentado pelo professor Jorge Portugal. A programação, que será exibida na TVE, foi lançada nesta quarta-feira (24), na Escola Parque, localizada na Caixa D’Água, em solenidade com a participação do governador Jaques Wagner.

A iniciativa é uma parceria entre as secretarias estaduais da Educação e da Comunicação e o Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia (Irdeb). Na ocasião, Portugal entrevistou o governador e os secretários Osvaldo Barreto (Educação) e Robinson Almeida (Comunicação).

O programa terá duração de 30 minutos e irá ao ar diariamente, às 8h30 e às 18h30, com conteúdos atualizados por professores de cursinhos pré-vestibulares. Desta forma, pretende contribuir para o acesso às vagas de ensino superior, focando nas áreas da matriz de referência para o Enem.

Os estudantes Gleidson César Nunes, 16 anos, e Caíque Nascimento, 13, foram uns dos mais empolgados com o programa. “É muito interessante a proposta porque às vezes os professores dão aula, mas não conseguimos aprender naquele momento, e o programa servirá para reforçar o que foi ensinado na sala de aula”, disse Caíque.

Os dois estudantes são repórteres do jornal da Escola Parque e pretendem seguir a carreira de jornalismo. Eles querem cursar o nível superior na Universidade Federal da Bahia (Ufba), mas, para isso, vão começar a se preparar desde cedo. Gleidson, que cursa o primeiro ano do ensino médio, acredita que um dos caminhos é sentar na frente da televisão e acompanhar todas as dicas dos professores do ‘É Bom Saber’. “Ter um programa de TV voltado para o vestibular é muito legal para nós, que somos da rede pública. É mais uma ferramenta para o nosso aprendizado”.

Para reforçar a aprendizagem dos estudantes, os conteúdos transmitidos durante o ‘É Bom Saber’ também serão disponibilizados no Portal da Educação.

Robinson Almeida: o telespectador como cidadão

Ampliação do Universidade Para Todos 

De acordo com o secretário da Educação, Osvaldo Barreto, trata-se de uma ampliação do Universidade Para Todos, programa de preparação para o vestibular que, neste ano, está beneficiando 35 mil estudantes de 146 municípios. Ele explicou que o governo tem realizado diversos investimentos na educação, entre eles, esse programa, a fim de preparar os jovens para a universidade pública.

O secretário de Comunicação, Robinson Almeida, destacou a importância da TV Pública para a educação de qualidade, que “não é ver o telespectador como consumidor, mas como cidadão e levar para eles informações que possibilitem o seu aprendizado, o seu conhecimento e a sua conduta na vida pública”.

Com um formato bastante descontraído, em que o apresentador Jorge Portugal interage com os estudantes, o programa contará com cinco quadros apresentados por professores de cursinhos pré-vestibulares – ‘Tá na mídia, tá na prova’, ‘Na Base’, ‘Interaula’, ‘A Dúvida que Pintou’, ‘A Palavra é Show!’.

Segundo Portugal, os quadros visam ensinar e responder as dúvidas mais frequentes dos estudantes. Neles, serão abordados temas da atualidade que estão na mídia, apresentadas aulas gravadas de forma ilustrada sobre um ponto específico do programa. Também haverá uma abordagem interdisciplinar de um tema, feita por dois ou três professores, correspondendo à proposta do Enem.

O governador Jaques Wagner afirmou que, além de preparar os estudantes para a universidade, o Estado tem investido na educação profissional, com atração de mais Institutos Federais como os nove anunciados pela presidenta Dilma Rousseff, na semana passada, e promovido cursos profissionalizantes nas redes públicas de ensino. Ele também abordou a parceria feita com as prefeituras municipais por meio do Pacto com os Municípios, que visa alfabetizar todas as crianças até oito anos de idade.

“O ‘É Bom Saber’ vem para reforçar o programa Universidade para Todos, fortalecendo o ensino dos jovens que estão se preparando para a universidade. Estamos usando tecnologias e interatividade para dar condições à juventude baiana de poder se posicionar bem na universidade ou nos Institutos Federais, a fim de se destacarem na vida profissional”.

O vendedor de calçados

ninguem usa ou ninguém sabe vender?

“O dono de uma loja de calçados mandou um funcionário a uma pequena cidade, para avaliar a possibilidade de abrir uma filial.

No dia seguinte, o funcionário manda um email pro chefe, dizendo:

-Aqui a gente não vai vender nem um par de chinelos. Nessa cidade, todo mundo anda descalço.

Em busca de uma segunda opinião, o chefe manda outro funcionário à mesma cidade.

Um dia depois, recebe o email:

-Chefe, aumente os estoques,  a gente vai vender sapatos pra caramba. Nessa cidade só tem gente descalça”.

             A historinha acima, bem apropriada aos livros de auto-ajuda, muito em voga atualmente, pode perfeitamente ser adaptada à realidade do Sul da Bahia, região que nas últimas duas décadas vem sofrendo com uma crise sem precedentes, mas que está diante da possibilidade de um novo ciclo desenvolvimento.

             Obras importantes como o Porto Sul, a Ferrovia Oeste-Leste, a Zona de Processamento de Exportações e o Gasoduto da Petrobras, além da recuperação do setor agrícola através do PAC do Cacau, certamente darão um novo impulso à economia regional, criando oportunidades para uma série de negócios, que surgirão não apenas no eixo Ilhéus-Itabuna, mas também nas demais cidades sulbaianas.

             Em vez de ficar achando que as obras não sairão do papel e que se saírem não trarão grandes benefícios, os empreendedores da região -e eles são muitos- devem se preparar para suprir uma demanda por serviços como alimentação, lazer, saúde, educação, turismo, fornecimento de insumos industriais e outros.

             Em vez de ficar achando que os melhores empregos serão destinados às pessoas de fora, é preciso que se invista em capacitação profissional, em reciclagem, justamente para pode disputar esses empregos, bem remunerados, em situação de igualdade.

             Temos uma capacidade empreendedora e de trabalho que precisa ser ampliada e valorizada.

             E o tempo de se preparar para esse mar de oportunidades é agora, não quando as obras estiverem concluídas.

             É escolher entre os dois vendedores de calçados: o que enxerga, mas não vê e o que vê e enxerga longe.

             E caminhar para não ficar para trás, porque esse é um processo em que os primeiros serão os primeiros e os últimos serão os últimos.

 

 

 

É MELHOR DO QUE AQUI, ONDE F… COM O POVO

Numa cidadezinha da Bélgica, jovens flagraram sem querer a prefeita fazendo sexo com o namorado no alto de uma torre. A prefeita alegou que estava afim de algo excitante, achou que ninguém estava vendo e disse que aquilo era problema dela e não interferia na sua atividade no Executivo.

Coisa de país de primeiro mundo. Aqui boa parte de nossos políticos f… mesmo é com o povo.

ACERVO DA ALAMBIQUE RECEBE DOAÇÃO

pelo jeito, o acervo terá vida breve

O modesto acervo da Academia de Letras, Artes, Música, Birita, Inutilidades, Quimeras, Utopias, Etc, a  ALAMBIQUE, acaba de ser reforçado com a doação de cinco garrafas de cachaça de fabricação artesanal, uma melhor do que a outra.

 A doação foi feita a este blogueiro,  fundador e presidente vitalício e ditatorialício da academia e prontamente comunicada ao vice, Walmir Rosário, para evitar posteriores acusações de desvio do precioso líquido.

 A primeira garrafa será degustada na próxima reunião da ALAMBIQUE, marcada para a próximo sexta-feira , dia 26, às 18 horas, no Bar Artigos Para Beber (Beco do Fuxico, Itabuna), com direito a uma passadinha antes no ABC da Noite, para degustar a monumental batida do Cabloco Alencar.

 A reunião terá uma rodada da “marvada” no ensejo da rápida recuperação de Zequinha do Katiquero, símbolo da boêmia grapiuna.

 Na novel academia alambiquista é assim: a cachaça é de graça e a conta das cervejas e dos acepipes cada um paga a sua e a amizade continua.

NOVO ENDEREÇO: A CADEIA

cartas para eles? favor enviar para o xadrez

A polícia baiana recuperou dois carros tomados de assalto e o malote do serviço Sedex de um carteiro da Empresa de Correios e Telégrafos (ECT),  subtraídos por três assaltantes entre as avenidas San Martins e Barros Reis, na tarde desta terça-feira (23). José Milton Santos Júnior, 20 anos, Ederson Oliveira Silva, 23, e Anderson Bessa Batista, 22, foram presos por uma guarnição da Polícia Militar e encaminhados para a 2ª Delegacia Territorial (DT), na Lapinha.

         O trio assaltou o motorista de um Gol, de cor vermelha, ano 96, de placa JNI – 7270, e na fuga foi interceptado por uma guarnição da PM. Os ladrões abandonaram o Gol e roubaram uma picape Saveiro, de placa JSR – 0487, sendo perseguidos e presos na Ladeira do Pau Miúdo. José Milton, Ederson e Anderson já haviam atacado um funcionário dos Correios, em Campinas de Pirajá, levando seus pertences e a sacola do Sedex com diversas encomendas.

         Na delegacia, José Milton, também conhecido como “Júnior Nike”, confessou o assassinato de Elsio de Jesus Bonfim, morto a tiros,em Boa Vistade São Caetano, há uma semana, por causa de uma dívida. O trio foi autuado em flagrante por roubo pela delegada plantonista Cristina Portugal, e ficará custodiado na carceragem da 2ª DT. Uma pistola calibre ponto 40, utilizada nos assaltos, também foi apreendida.

Wagner mostra potencial da Bahia para investidores em São Paulo

Wagner: a Bahia pronta para receber novos investimentos (foto Manu Dias)

O governo baiano vem realizando obras e aplicando recursos em várias áreas da economia baiana, buscando fortalecer e ampliar a infraestrutura regional e criar as condições propícias para a ampliação dos investimentos e de novas oportunidades de negócios para a iniciativa privada no estado. Esta foi a principal mensagem da palestra de 30 minutos que o governador Jaques Wagner fez para uma platéia formada por 50 empresários, investidores e executivos de multinacionais e com grande representatividade no PIB nacional, na sede da Editora Abril,em São Paulo.

No ciclo de palestras promovido pela Revista Exame, batizado de “Encontro Exame com Governadores”, Jaques Wagner destacou as ações do atual governo, a exemplo da Ferrovia Oeste-Leste (FIOL), a maior obra de infraestrutura em execução no estado, o investimento em fontes limpas de energia, citando a energia eólica, em franca expansão na Bahia, além da produção de celulose, que coloca o estado como um dos maiores produtores mundiais.

O governador destacou, ainda, o retorno obtido pelo Estado com os incentivos que oferece às famílias que vivem da agricultura familiar.Em toda Bahia, segundo Wagner, 650 mil famílias sobrevivem graças à agricultura familiar e citou a exportação para a Europa de geléia de umbu produzido no semiárido como exemplo dos incentivos que o governo oferece. Ele lembrou ainda que a Bahia é o segundo maior pólo de produção de vinho do país e previu que os espumantes baianos chegarão ao topo dos melhores do mundo em pouco tempo. Destacou que o estado tem o maior número de biomas do Brasil e, no oeste baiano, a projeção para o médio prazo é que sejam plantados 300 mil hectares de café.

Em um determinado momento da palestra, ao falar sobre o tratamento dispensado aos empresários, Wagner foi direto: “Nossa clara intenção é facilitar a vida dos empresários para que vocês invistam na Bahia”. Lembrou que os investimentos das grandes empresas realizados na Bahia têm trazido os melhores retornos para os empreendimentos, citando o complexo da Ford, a OAS, Braskem, Monsanto, Veracel, dentre outras empresas.

Pesquisa é base para turismo sustentável no Sul da Bahia

é lindo e precisa ser conservado

 
 O turismo na cidade de Ilhéus, sul da Bahia, passa a planejar um novo momento a partir deste mês de agosto de 2011. No dia 29, entra em campo a equipe de pesquisadores escalada pela Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) para realizar o Inventário Turístico e Análise da Sustentabilidade Local, um levantamento minucioso e inédito, que representa para o turismo ilheense conhecer exatamente suas demandas, carências e desafios. Significa também a possibilidade de construir um banco de dados fundamental para apontar o caminho que leve ao fortalecimento do setor, ampliando o seu

A pesquisa em Ilhéus começa pela área central e em seguida as informações serão apuradas nas zonas sul e norte da cidade. Depois, o levantamento ocorrerá em Itacaré e Uruçuca (no distrito de Serra Grande). O levantamento inclui informações oficiais em repartições públicas do município, chega no próximo dia 29 aos hotéis, pousadas, restaurantes, espaços de eventos e outros equipamentos e serviços relacionados com o turismo. O Inventário inclui ainda informações sobre a área ambiental e atividades culturais.

O Inventário é fruto de uma parceria da Uesc com a empresa Bahia Mineração (Bamin), que aguarda licença para construir um Terminal de Uso Privativo dentro do Porto Sul,em Ilhéus. Essaestrutura servirá para o escoamento da produção de minério de ferro de uma jazida situada na região de Caetité, com início das operações previsto para 2014.

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
agosto 2011
D S T Q Q S S
« jul   set »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031