hanna thame fisioterapia animal
livros do thame

Governo do Estado lança projeto Escolas Culturais em Itabuna

 

O governador Rui Costa lançou, nesta quinta-feira (27), em Itabuna, no sul da Bahia, o projeto Escolas Culturais, que tem a proposta de fortalecer e dinamizar as escolas, por meio da cultura, em benefício da comunidade. Uma grande festa marcou o lançamento, realizado no Colégio Modelo Luís Eduardo Magalhães, a primeira unidade de ensino a receber a iniciativa, que chegará, inicialmente, a 85 escolas, localizadas em 66 municípios de todos os Territórios de Identidade.

Foto_Manu Dias_GOVBA (2)“Hoje é o lançamento de um grande projeto, que é a integração da cultura com a escola. Nesses dois anos, visitando mais de 250 escolas, eu vi muitas experiências positivas e resolvemos criar essa experiência de abrir a escola para a comunidade, de trazer a comunidade cultural para dentro da escola”, afirmou Rui, acompanhado da primeira-dama e presidente das Voluntárias Sociais, Aline Peixoto. “Hoje é um dia muito feliz para mim. Eu me sinto muito realizado. Até dezembro, vamos botar o pé na estrada, percorrer as escolas e motivar a juventude. O que estrutura a alma do ser humano é cultura. Nós queremos plantar e Foto_Manu Dias_GOVBA (3)semear isso dentro da escola”, acrescentou.

As Escolas Culturais vão oferecer atividades nas áreas de dança, arte literária, música e audiovisual. O projeto, que faz parte do Programa Educar para Transformar, é uma iniciativa conjunta das secretarias estaduais da Educação, de Cultura (Secult), de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS) e da Casa Civil. “O programa vai começar em todos os territórios. Vamos identificar o traço cultural e dialogar com a identidade de cada território. É também um caminho de ligação da escola com todas as práticas culturais que existem nas cidades e nos territórios”, explicou o secretário da Educação, Walter Pinheiro.

Gestão compartilhada

Foto_Manu Dias_GOVBAA gestão das Escolas Culturais será realizada por meio de uma equipe compartilhada, formada por representantes da Secretaria da Educação do Estado e dos Núcleos Territoriais, por um grupo de trabalho da Secult e da SJDHDS e pelos Núcleos de Arte e Cultura (NAC), compostos por um professor, dois líderes de classe e um representante territorial de cultura.

O educador e os dois alunos passarão por uma formação continuada, com cursos promovidos em diversas áreas de cultura, ministradas pela Universidade Federal da Bahia (Ufba), Centro Juvenil de Ciência e Cultura (CJCC) e Núcleos Estaduais de Orquestras Juvenis e Infantis da Bahia (Neojiba). “Esse é um programa muito importante, idealizado pelo governador, no sentido de oferecer opções socioculturais aos jovens e adolescentes, ampliando o espaço da escola e fazendo com que a escola interaja com a comunidade”, comentou o titular da SJDHDS, Carlos Martins.

Programa interdisciplinar

O evento de lançamento incluiu apresentações artísticas do quinteto de metais da Orquestra Neojiba, de estudantes e grupos culturais de Itabuna, além de oficina de grafite. As atividades foram encerradas com um show do cantor Luiz Caldas para os estudantes do Colégio Modelo Luís Eduardo Magalhães. “Nós estamos fazendo com que a cultura dê um abraço em uma das suas principais vertentes, que é a educação. É um programa interdisciplinar. É um exemplo para o Brasil. É um grande ganho para estudantes e para a população, porque é um programa para dentro da escola e também para a comunidade”, destacou o secretário de Cultura, Jorge Portugal.

 

As secretárias estaduais de Políticas para as Mulheres, Julieta Palmeira, e do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, Olívia Santana; o superintendente de Fomento ao Turismo do Estado, Diogo Medrado; a senadora Lídice da Mata; e o prefeito de Itabuna, Fernando Oliveira, também participaram do lançamento.  (Fotos: Manu Dias/GOVBA)

Sul da Bahia recebe ciclo de palestras sobre renegociação de dívidas

 

Produtores do sul do estado têm a oportunidade de esclarecer todas as suas dúvidas sobre renegociação de dívidas, com base na Lei 13.340/16. Começou nesta quinta-feira, 27, e vai até amanhã, 28, o ciclo de palestras que vem sendo realizada pelo Sistema FAEB desde o início deste ano no estado, após a Lei ser sancionada, para que os produtores entendam como proceder. As palestras são gratuitas e ministradas pelo superintendente de Relações Institucionais da CNA, Nelson Vieira Fraga.

A primeira palestra aconteceu em Ilhéus, na manhã de hoje, na sede do Sindicato dos Produtores Rurais do município. Logo à tarde, às 14:30h, o evento segue para Gandu, onde será realizada no Centro de Capacitação Regional do SENAR BAHIA no município. Amanhã é a vez do município de Ipiaú. A palestra acontece a partir das 9h, no auditório do Parque de Exposições da cidade. O último encontro com os produtores na região acontece no turno da tarde, em Barro Preto, a partir das 15, no Sindicato dos Produtores Rurais.

As palestras, que já foram realizadas em municípios do semiárido, sudoeste e extremo sul, vão acontecer em todas as regiões do território baiano. A região oeste e alguns municípios do semiárido ainda vão receber o evento.

A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e o Sistema FAEB participaram ativamente das discussões e da construção da Lei 13.340, sancionada no final do ano passado.

Com a Lei, os produtores terão até 31 de dezembro deste ano para liquidar ou renegociar suas dívidas. O benefício foi ampliado para os produtores com dívidas contratadas até 31/12/2011, situados em toda a área da SUDENE, que tenham débitos de qualquer valor, quando contratadas com recursos do FNE e recursos mistos do FNE e outras fontes (BNB). Lembrando que em operações contratadas com outras fontes (sem FNE) o benefício é limitado ao valor contratado até R$ 200mil.

Sesi abre vagas para cursos de qualificação profissional

O Serviço Social da Indústria (Sesi) abriu 220 vagas de qualificação em minicursos para profissionais de Ilhéus, Itabuna e região. Os cursos de curta duração serão ministrados na unidade integrada da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb), no quilômetro 13 da Rodovia Ilhéus-Itabuna, e oferecem certificação, segundo a diretora de Relações com o Mercado, Ana Dantas.

São 11 cursos em várias áreas, cada um deles com 20 vagas. Os cursos oferecidos são os de Oratória; Excel; Excel Avançado; NR 05 Cipa; NR 10 Segurança em Eletricidade (Básico); NR 10 Instalações e Serviços em Eletricidade; e NR 35 Trabalho em Altura.

 

A Unidade do Sesi Sul também oferecerá cursos de liderança. São eles Desenvolvimento de Líderes: Liderança Essencial; Desenvolvimento de Líderes: Líder Coach; Desenvolvimento de Líderes: Gestão de Equipes Eficazes; e Desenvolvimento de Líderes: Gestão para Resultados.

Os valores dos cursos variam de R$ 100,00 a R$ 250,00, e todos oferecem certificação. Informações sobre os cursos podem ser obtidas pelo telefone 73-3222-7080 ou 3222-7081, de segunda a sexta, das 8h às 17h.

Governo reinaugura Espaço Solidário em Itabuna

O Espaço Solidário do Centro Público de Economia Solidária (Cesol) – Litoral Sul, no município de Itabuna, será reinaugurado hoje, dia 27, às 10h30. Localizado na Praça Olinto Leone, no centro da cidade, o equipamento comercializa produtos de empreendimentos apoiados pelo Cesol. A secretária Olívia Santana participará da solenidade.

Nos Centros Públicos de Economia Solidária, vinculados à Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), são oferecidos estudo de viabilidade econômica, assistência técnica gerencial, orientação de acesso ao crédito, assistência técnica em comercialização e marketing, capacitação em áreas afins e assessoria para organização de feiras e exposições.

Governo do Estado lança projeto Escolas Culturais em Itabuna

rc 2O governador Rui Costa lança nesta quinta-feira (27) no Colégio Modelo Luís Eduardo Magalhães, em Itabuna, o projeto Escolas Culturais. A iniciativa integra o programa Educar para Transformar e será executado por meio de uma parceria entre as secretarias da Educação (SEC), da Cultura (Secult), e da Justiça, Cidadania, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS). O objetivo do projeto é promover o desenvolvimento dos estudantes da rede estadual através de atividades culturais em unidades escolares que serão integradas à comunidade da qual faz parte.

Inicialmente, o projeto será implantado em 85 unidades escolares de 66 municípios, que serão requalificados e receberão equipamentos para que sejam desenvolvidas atividades nas áres de dança, música, audiovisual e literatura. Esses colégios estão focados no fortalecimento e na dinamização do ambiente escolar, visando potencializar os projetos artístico-culturais já existentes e fomentar novas atividades.

“Com a potencialização das atividades culturais, vamos transformar a vida de milhares de estudantes, de suas famílias e da comunidade que integra cada unidade escolar. Quero levar as Escolas Culturais para o maior número possível de municípios, maximizando assim a oportunidade dos alunos terem acesso a diversos tipos de manifestações artísticas. A transformação terá início dentro da escola, mas tenho certeza que vai se expandir e tocar o coração de milhares de baianos”, afirmou o governador Rui Costa.

Com a implantação do projeto, auditórios e outros espaços das 85 unidades receberão equipamentos para projeção de audiovisual, com palco para apresentações artísticas e com internet banda larga para o desenvolvimento dos projetos, a exemplo de programas de rádio e fomento ao empreendedorismo, dentre outros. Dentro da metodologia de trabalho, estão incluídos, entre outras atividades, saraus literários e oficinas de canto, coral, instrumentos, dança, audiovisuais, além de potencialização das bandas marciais, fanfarras e orquestras das escolas ou criação desses conjuntos musicais nas escolas que não os possuírem.

O secretário da Educação Walter Pinheiro destaca que a concepção das Escolas Culturais partiu do governador Rui Costa, com a proposta de ampliar a integração entre a comunidade e as escolas, especialmente por meio das atividades culturais. “Nossas escolas já possuem uma prática consistente de incentivo à arte e à cultura e, agora, teremos condições de ampliar mais ainda estas atividades com foco nos conteúdos pedagógicos, na produção de audiovisual dos estudantes integrada à grade curricular. Quem melhor para contar as histórias do que acontece em cada canto do nosso estado, através da linguagem audiovisual, do que os estudantes?”, indaga Pinheiro.

Para o secretário de Cultura, Jorge Portugal, o projeto vai potencializar a cultura nos Territórios e vai fortalecer o vínculo da comunidade com a escola. “Imaginem uma sala de cinema na escola, um teatro, um palco para apresentações artísticas diversas, pois é assim que será o Escolas Cultuais. Um local inspirador para nossos jovens da Bahia”, ressalta Portugal.

A gestão das Escolas Culturais será realizada por meio de uma equipe compartilhada, com representantes da secretarias da Educação e de Cultura, um grupo de trabalho das duas secretarias e representantes dos Núcleos Territoriais e pelos Núcleos de Arte e Cultura, formado por um professor, dois líderes de classe e um representante Territorial de Cultura. O educador e os dois alunos passarão por uma formação continuada com cursos promovidos em diversas áreas de cultura, ministrados pela Universidade Federal da Bahia, Centro Juvenil de Ciência e Cultura e Núcleos Estaduais de Orquestras Juvenis e Infantis da Bahia (Neojiba).

Secretaria da Educação realiza encontro com gestores escolares em Itabuna

ita 1A Secretaria da Educação do Estado está realizando, nestas quarta e quinta-feira (26 e 27), em Itabuna, na região Sul da Bahia (435 km de Salvador), o “Diálogo com Gestores” escolares dos Núcleos Territoriais de Educação (NTE) de Itabuna (NTE 05), Teixeira de Freitas (NTE 7) e Eunápolis (NTE 27). A atividade, que tem o objetivo de estreitar o diálogo com os gestores sobre a realidade das escolas e suas especificidades a partir dos territórios de identidade onde estão inseridas, conta com a participação do secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro.

ita 2Segundo Pinheiro, o foco principal do trabalho é fortalecer o eixo pedagógico das escolas, mas a ação também é determinante para priorizar as ações da Secretaria em vários aspectos. “O objetivo é auscultar quem está na escola, que tem este acumulado de tantos anos de experiência na gestão, para a gente ver no que pode avançar e, portanto, melhorar a educação. A secretaria tem que olhar nos olhos, falar um pouquinho mais de perto para encurtar as distâncias. Isso é fundamental, reconhecer e identificar o chão da escola e o seu território”, destacou.

A atividade envolve técnicos de diferentes setores da Secretaria que abordam temas de interesse das escolas, na perspectiva de desburocratizar procedimentos e processos e otimizar a gestão escolar. Dentre outros assuntos são abordadas questões como o projeto político pedagógico, planejamento estratégico, formação de professores, Censo Escolar/Sistema de Gestão Escolar, Avaliações (Sistema de Avaliação da Educação Básica: IDEB – ENCEJA), infraestrutura, alimentação escolar, bibliotecas, Educação Indígena, Educação Inclusiva, Educação Profissional e Tecnológica e Legislação em afirma.

+| Leia a matéria completa »

Resolução autoriza que bancos renegociem dívidas de produtores rurais atingidos pela seca

secaPublicada nesta terça-feira (25), pelo Banco Central do Brasil, a Resolução nº 4.591 que autoriza as instituições financeiras a negociar as operações de crédito rural de custeio e de investimento contratadas de 1º de janeiro de 2012 a 31 de dezembro de 2016 – período crítico de seca no nordeste brasileiro -, por produtores rurais que tiveram prejuízos em decorrência de seca ou estiagem. A resolução amplia a possibilidade de renegociação para os produtores que não foram beneficiados com a Lei 13.340/16, sancionada no final do ano passado, direcionada para os contratos contraídos até 2012.

“Esse é mais um resultado do empenho da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e do Sistema FAEB, que solicitaram junto ao governo Federal uma resolução para os produtores que não foram beneficiados com a Lei 13.340/16. Existia uma grande expectativa dos produtores rurais pela resolução, diante dos enormes prejuízos causados pela seca, o que certamente comprometeu o pagamento das operações de crédito junto aos bancos”, ressaltou o presidente da CNA e do Sistema FAEB, João Martins da Silva Júnior.

+| Leia a matéria completa »

Quarta turma do programa Partiu Estágio é convocada

partiu 3O Governo do Estado lança, nesta quarta-feira (26), a quarta convocação para universitários inscritos no Programa Partiu Estágio. De acordo com a nova lista, 297 estudantes deverão se apresentar ao órgão ou entidade em que irão estagiar, dentro do prazo de dez dias úteis. Desde o lançamento do projeto, em abril deste ano, já foram convocados 4.224 jovens para estagiarem no serviço público. A lista da nova turma está disponível no site da Secretaria da Administração (Saeb).
O programa é uma iniciativa da administração estadual baiana que garante acesso à oportunidades de estágio a jovens universitários de instituições federais, estaduais e privadas da Bahia que ainda não conseguiram se inserir no mercado de trabalho. É prioritário para estudantes inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) e para aqueles que tenham estudado todo o ensino médio em escola pública ou com bolsa integral na rede privada.Os integrantes da quarta turma do Partiu Estágio são convocados por meio do e-mail cadastrado no momento de sua inscrição no programa. Para assegurar o estágio no Governo do Estado, é preciso que o estudante apresente a documentação. De acordo com o edital do programa, o estudante que não apresentar a documentação exigida, ou não se apresentar ao órgão ou entidade no prazo estipulado, perderá a vaga de estágio.- Declaração da escola em que cursou o ensino médio, como bolsista integral, se for o caso

+| Leia a matéria completa »

Rui se reúne com chineses em Brasília: “que a Bahia seja porta de entrada para investimentos”

Foto_Camila Peres_GOVBAA parceria que o Governo da Bahia quer lançar com investidores da China ganhou força a partir de um novo encontro entre o governador Rui Costa e empresários das principais empresas de infraestrutura daquele país. As conversas ocorreram na residência oficial do embaixador Li Jinzhang, em Brasília, nesta quarta-feira (26), com os representantes da CREC10, CREC4, ERG, CCCC, Concremat Engenharia, China Minmetals e Bamin.

Rui não hesitou em colocar a Bahia como porta de entrada dos investimentos que a China tem interesse em fazer no país. O atrativo é o tripé já conhecido pelas empresas chinesas – finalização da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol), construção do Porto Sul e o minério de ferro. Projetos que serão parte de um consórcio a ser formado pelas empresas interessadas.

“Este projeto é o número um na área de infraestrutura. A viabilidade econômica de cada um depende do todo. Por isso, reafirmo o compromisso do Governo da Bahia e o nosso total empenho para o sucesso desta parceria”, afirmou Rui. O cronograma é apertado e o governador baiano quer definir prazo para cada etapa.

Foto_Camila Peres_GOVBA (3)O governador assegurou que estará na China em setembro e pretende documentar esta parceria, assinando termo de compromisso. “Que esses investimentos comecem pela Bahia, afinal foi lá que o Brasil nasceu”, acrescentou.

As empresas reafirmaram o interesse na Bahia e querem iniciar as obras em breve. Para o embaixador chinês, a apresentação de Rui foi estratégica. “Este projeto vai estimular o desenvolvimento e beneficiar o povo local”, destacou Li Jinzhang. Também participaram do encontro, representado o governo baiano, os secretários de Desenvolvimento Econômico, Jaques Wagner, da Casa Civil, Bruno Dauster, e de Infraestrutura, Marcus Cavalcanti, além do coordenador de obras estruturantes da Casa Civil, Eracy Lafuente. (Fotos: Camila Peres/GOVBA)

Fala Menina mobiliza estudantes contra machismo e racismo

fala m 1A cantora baiana Larissa Luz e a advogada, empresária, militante dos movimentos negro e feminista Eliane Dias participaram da segunda edição do projeto ‘Fala Menina’, promovido pela Secretaria de Política para as Mulheres (SPM-BA), no Colégio Estadual Severino Vieira, no bairro de Nazaré, em Salvador, nesta quarta-feira (26). A aluna Isabela Factum e as secretárias da SPM, Julieta Palmeira, e de Promoção da Igualdade Racial, Fabya Reis, completaram a conversa.

Com o tema ‘Jovens Negras, Inspirar para Libertar’, o bate-papo comemorou o Dia da Mulher Negra Afro-Latino-Americana e Caribenha (25 de julho). Voltado para jovens negras e negros, o projeto tem como objetivo debater temáticas atuais referentes ao empoderamento feminino, a partir de vivências e trajetórias de personalidades convidadas.

fala m 2No evento, Eliane Dias explicou como mudou a realidade dentro da própria casa. Ela deixou, por exemplo, de viajar para o exterior – mesmo com tudo pronto – quando descobriu que a viagem era “só para homens”. Após o episódio, a relação com o marido, o cantor Mano Brown, do grupo Racionais MC, foi transformada.

“Eu trago para o debate a possibilidade de a gente dar visibilidade aos problemas das mulheres negras e as experiências feitas em São Paulo. Daqui, com certeza, eu levo muita inspiração, arte e conhecimento. Na Bahia, a gente tem toda essa resistência; tudo isso é bem potencializado”, afirmou Eliane.

+| Leia a matéria completa »

Definida empresa que vai construir Centros de Canoagem no Sul da Bahia

canoagem

A empresa Saneando Projetos de Engenharia e Consultoria venceu a licitação e deve iniciar nos próximos meses a construção dos três centros de canoagem nos municípios de Itacaré, Ubaitaba e Ubatã. As obras serão executadas pelo governo do Estado, por meio da Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb).

O investimento previsto para a construção dos equipamentos esportivos é de R$ 3,073 milhões. Pelo projeto, cada centro de canoagem contará com salas de fisioterapia e troféus, além de cozinha, academia, vestiários, garagem para canoas, passarela e deck de madeira.

A previsão é que, nos primeiros meses de funcionamento, sejam oferecidas 150 vagas nos três centros para crianças e adolescentes, com prioridade para estudantes de escolas públicas e baixa renda. Serão inseridas nas atividades crianças com idade a partir de oito anos. (do Pimenta)

CAIXA inicia pagamento do abono salarial

A Caixa Econômica Federal inicia nesta quinta-feira (27) o pagamento do Abono Salarial calendário 2017/2018, ano-base 2016. Os pagamentos serão efetuados conforme o mês de nascimento do trabalhador, começando com os trabalhadores nascidos em julho. Os beneficiários deste mês, titulares de conta individual na CAIXA com saldo acima de R$1,00 e movimentação, terão crédito automático no dia 25 de julho.

Os valores do benefício variam de R$ 79 a R$ 937, de acordo com o tempo de trabalho durante o ano de 2016. Os recursos ficarão disponíveis ao trabalhador até 29 de junho de 2018.

Tem direito ao Abono o trabalhador inscrito no Programa de Integração Social (PIS) ou no Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PASEP), há pelo menos cinco anos, que trabalhou formalmente por pelo menos 30 dias em 2016, com remuneração mensal média de até dois salários mínimos e que teve seus dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS), ano-base 2016.

Os trabalhadores poderão consultar a partir do dia 24 de julho o direito e o valor do benefício no Aplicativo Caixa Trabalhador, na página www.caixa.gov.br/PIS, escolhendo as abas “Você”, “Serviços Sociais”, “PIS”, “Consulta o Pagamento” ou pelo Atendimento CAIXA ao Cidadão: 0800 726 0207.

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
julho 2017
D S T Q Q S S
« jun    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031