hanna thame fisioterapia animal
coronavirus 155 livros do thame

Entrevista com Rui Costa: como enfrentar o coronavírus e a irresponsabilidade de Bolsonaro

Forum Revista

Profissionais baianos que atuam no combate ao Covid-19 receberão novos EPIs

fabio vbO governo da Bahia havia projetado um crescimento de 33 por cento por dia no número de infectados pelo Covid-19 quando os primeiros casos da doença surgiram no estado. Mas as medidas planejadas e tomadas pelas autoridades baianas logo no início da pandemia no Brasil, permitiram que hoje este índice seja inferior a 20 por cento. A informação é do secretário estadual da Saúde, médico Fábio Vilas-Boas.

O secretário também disse hoje que estará descentralizando nos próximos dias para os municípios baianos, EPIs (equipamentos de proteção) para que os profissionais envolvidos na operação contra o vírus continuem a atuar com segurança. “A falta é um problema mundial. Mas nós estamos começando a normalizar a situação”, assegurou. De acordo com Fábio Vilas-Boas,  milhões de máscaras, luvas, gorros, N95 foram comprados pelo governo por que houve planejamento e estas ações começaram a acontecer dois meses atrás.

Rui pede reuniões entre prefeitos regionais para montar novas estratégias de ação

rcO governador da Bahia, Rui Costa, pediu hoje que prefeitos de todo o estado se reúnam virtualmente para organizar demandas regionais no combate ao novo coronavírus.

“Precisamos fazer em cada região uma reunião entre vocês para que possamos colocar para funcionar as estratégias de combate ao vírus regionalmente”, disse, em mensagem dirigida aos 417 prefeitos baianos.

Rui reconheceu que é impossível montar 400 unidades de atendimento no estado ou de recebimento de pacientes. “Não teremos algo de qualidade e com rapidez para atender a população”, ponderou.

Infectologista diz que Bahia se antecipou em ações contra novo coronavírus

Alberto Badaró

Alberto Badaró

O infectologista Roberto Badaró, considerado um dos maiores especialistas sobre o novo coronavírus do país, classificou como acertadas todas as ações executadas pelo Governo do Estado para conter o avanço da Covid-19 na Bahia até o momento e ressaltou que, sem essas medidas, o estado poderia ter, atualmente, números alarmantes.

“Não se trata de uma competição, mas é preciso reconhecer que a Bahia respondeu muito antes do que a maioria dos estados à crise gerada pelo novo coronavírus. O Governo do Estado implantou um bloqueio sanitário severo, o chamado isolamento vertical, quando a Bahia não tinha nem 20 casos. O resultado foi muito eficiente. A Bahia apresenta, de forma significativa, uma diminuição na velocidade do aparecimento de novos casos”, destacou o médico.

De acordo com Badaró, “no gráfico dos casos oficiais no Brasil e no mundo, verificamos comportamentos diferentes. A China teve milhares de casos em Wuhan, onde tudo começou. A Itália agiu igual a Wuhan no início. Os Estados Unidos tiveram, devido à relação muito íntima de tráfego aéreo com a China, milhares de infectados chegando ao país diariamente, causando uma explosão de casos também. O Brasil tem a tendência da Coreia [do Sul], que interviu ainda relativamente cedo”.

Projeção-Covid-19

Ainda segundo o infectologista, no gráfico da Bahia, a projeção é inferior em número de casos e mortes, pois iniciou o bloqueio logo de imediato ao surgimento de casos. “Estamos tendo números inferiores ao previsto. O Governo do Estado agiu com austeridade, contrariando o Ministério da Saúde, que orientou mal no início da chegada do Covid -19 ao Brasil”, afirmou. Neste domingo (29), a Bahia atingiu a marca de 156 casos confirmados. A previsão era que o estado já tivesse superado 300 ocorrências neste momento.

Prevenção e ampliação da rede

+| Leia a matéria completa »

Prefeitos cobram repasse de recursos e diálogo com governo federal para enfrentar a crise do Coronavírus

eures ribeiroOrganizada pela Confederação Nacional de Municípios (CNM), a reunião virtual de representantes regionais dos prefeitos com o ministro da Economia, Paulo Guedes, na manhã deste domingo (29), abriu um diálogo maior e a possibilidade de cooperação entre os entes da federação.

O presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB), Eures Ribeiro (foto), que também é vice-presidente da CNM, classificou a reunião como esclarecedora. “Foi importante para entender quais as medidas poderão ser tomadas. Vamos buscar por exemplo o diálogo com o Congresso e a flexibilização da Lei de Responsabilidade Fiscal. Não podemos ver a população morrer de fome, e os municípios sendo obrigados a direcionar seus recursos para áreas que não são essenciais nesse momento. Essencial é preservar a vida e a saúde das pessoas”, defendeu Eures Ribeiro.

O ministro abriu a sua fala garantindo aos prefeitos a manutenção dos os índices de repasses do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) nos mesmos parâmetros do ano anterior, injetando no FPM e FPE, juntos, R$16 bilhões. Ele confirmou ainda a transferência de outros R$8 bilhões, em quatro meses, para os fundos estaduais e municipais de saúde. “Vamos fazer o dinheiro chegar nas prefeituras onde o problema será enfrentado”, afirmou Guedes.

+| Leia a matéria completa »

Acordo suspende demissões no transporte coletivo em Ilhéus

Ao tomar conhecimento que uma das concessionárias do serviço público de transporte coletivo da cidade havia demitido 30 funcionários, em razão da interrupção dos serviços em prevenção do coronavírus, o prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, determinou que o diretor geral da Superintendência de Trânsito (Sutran), Gilson Nascimento, e o Procurador Geral do Município, Jeferson Domingues, se reunissem com as empresas e com o representante dos trabalhadores para encontrar uma solução e evitar as demissões.

 

De acordo com o prefeito, nesse momento de dificuldades é preciso garantir o emprego dos trabalhadores e a saúde de todos. E nas várias reuniões e videoconferências dos representantes da Prefeitura com a Associação das Empresas de Transporte Coletivo de Ilhéus e o Sindicato dos Rodoviários foram somadas importantes conquistas para os trabalhadores.

 

+| Leia a matéria completa »

Bahia tem 156 casos confirmados de Covid-19

covid 18 sesabA Bahia registra 156 casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19), o que representa 3,8% do total de casos notificados. Até o momento, 1388 casos foram descartados e houve um óbito confirmado. Trata-se de paciente do sexo masculino, 74 anos, residente em Salvador, que estava internado em hospital da rede privada, com comorbidades associadas. Este número contabiliza todos os registros de janeiro até as 17 horas deste domingo (29). Ao todo, 17 pessoas estão curadas e 18 encontram-se internadas, sendo 8 em Unidades de Terapia Intensiva (UTI).

Estes números representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA) em conjunto com os Cievs municipais.

Dentre os casos confirmados, 54,49% são do sexo feminino e 45,51% do sexo masculino. Foi registrado o primeiro caso confirmado em uma criança de 2 anos de idade, que encontra-se em bom estado de saúde. O coeficiente de incidência por 100.000 habitantes foi maior na faixa de 70 a 79 anos (2,80) , indicando o maior risco de adoecer entre os idosos

 

Ressaltamos que os números são dinâmicos e na medida em que as investigações clínicas e epidemiológicas avançam, os casos são reavaliados, sendo passíveis de reenquadramento na sua classificação. Outras informações em www.saude.ba.gov.br/coronavirus.

“Bolsonaro troca o isolamento do povo pelo do governo”, diz Nelson Leal

O Presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), deputado Nelson Leal (PP), exaltou, na manhã desse domingo (29), a ‘maturidade e união’ das medidas de combate ao novo coronavírus no Estado, adotadas pelo Governo da Bahia e pela Prefeitura de Salvador.

nelson leal ALBA
Disse ter certeza de que a aniversariante do dia, a primeira capital do Brasil, vai ganhar a guerra contra a Covid-19, com a participação da sociedade e o respeito à ciência que os governantes têm demonstrado. “Trata-se do maior desafio da humanidade na contemporaneidade”, salientou.
“A pandemia da Covid-19 é a maior crise sanitária já enfrentada pelo planeta nos últimos 100 anos. Somente comparada à gripe espanhola, que devastou o mundo pós Primeira Grande Guerra (1914 – 1918), especialmente a Europa, deixando um rastro de quase 90 milhões de mortes, com 30 mil vidas ceifadas apenas no Brasil”, historiou, Leal.

+| Leia a matéria completa »

xop

MPT na Bahia doa R$ 5 milhões ao Governo do Estado para combate à pandemia do coronavírus

O Ministério Público do Trabalho (MPT) na Bahia se comprometeu com o Governo do Estado a destinar R$ 5 milhões para serem utilizados em ações de prevenção e de combate à pandemia do novo coronavírus.

Os recursos são de ação movida pelo órgão contra a Petrobras e estavam depositados em juízo para serem destinados à sociedade como forma de indenização por danos morais coletivos. O valor irá para o Governo da Bahia, que se comprometeu com o órgão a utilizar os recursos nas ações emergenciais e de apoio a trabalhadores desassistidos.

“Iniciativas como a do MPT devem servir de inspiração para outras representações jurídicas e civis preocupadas em contribuir com o Estado da Bahia no enfrentamento deste momento tão difícil.”, afirma o procurador-geral do Estado, Paulo Moreno Carvalho.

O MPT assumiu com o governador Rui Costa o compromisso, formalizado em documentos, para que o dinheiro seja empregado em ações que possam aliviar os impactos sociais da pandemia, além de custear ações emergenciais de saúde. O MPT irá acompanhar a aplicação dos recursos. Os entendimentos com o Estado para que o dinheiro seja imediatamente aplicado já estão avançados e, nos próximos dias, esse detalhamento será apresentado.

+| Leia a matéria completa »

Bahia registra 127 casos confirmados de Covid-19

covid 19A Bahia registra 127 casos confirmados de coronavírus (Covid-19), o que representa 3,1% do total de casos notificados. Até o momento, 1380 casos foram descartados e não há óbitos. Este número contabiliza todos os registros de janeiro até as 17 horas deste sábado (28). Ao todo, 17 pessoas estão curadas e 14 encontram-se hospitalizadas.

Estes números representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA) em conjunto com os Cievs municipais.

+| Leia a matéria completa »

Em nota, Hospital de Base avisa que atendimentos só serão feitos na UPA e Costa do Cacau

Hospital de Base (1)

O prefeito de Itabuna, Fernando Gomes, o secretário de Saúde Uildson Nascimento e o presidente da Fundação de Assistência à Saúde (Fasi), gestora do HBLEM, Juvenal Maynart, definiram que a partir das 13 horas deste sábado (28), atendimentos clínicos serão feitos nas Unidades de Pronto Atendimento-UPAs e as emergências no Hospital Regional Costa do Cacau.

A decisão foi tomada após determinação da Secretaria de Saúde da Bahia destinar o Hospital de Base de Itabuna exclusivamente para os casos de Covid 19.

Nesse período, o Pronto Socorro do Hospital de Base estará fechado.

Daniel Thame
Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

Busca por data
março 2020
D S T Q Q S S
« fev    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031