WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
hanna thame fisioterapia animal

livros do thame





Daniel Thame, jornalista no Sul da Bahia, com experiência em radio, tevê, jornal, assessoria de imprensa e marketing político danielthame@gmail.com

dezembro 2022
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031




Campanha 10 Milhões de Estrelas soma esforços contra a fome

Já foi dada a largada. No último domingo (27) foi iniciado o tempo do Advento – tempo de preparação para o Natal. Com ele, é iniciada também a Campanha 10 Milhões de Estrelas, uma convocação da Cáritas Brasileira que chama a sociedade para adquirir uma vela pela paz. A missão de agente da construção solidária da sociedade do bem viver é percorrida lado a lado com as pessoas em situação de vulnerabilidade e exclusão social.

Nesta edição, a campanha remonta ao problema da fome cujo caminho de superação foi interrompido com o desmonte de políticas públicas nos últimos anos no Brasil. Ao longo da pandemia de Covid-19, o país viu o empobrecimento da população acentuar e o número de pessoas passando fome saltou de cerca de 9% em 2019 para 15,5% em 2022, segundo pesquisa recente da Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional (PENSSAN), ou seja, cerca de 33 milhões de pessoas não têm o que comer.

A fome é um dos maiores atrasos sociais do Brasil. Em torno dela giram diversas características que denotam o passado e o presente de desigualdades sociais do país. Ainda, de acordo com dados da Rede PENSSAN, a fome tem cor, tem raça e tem gênero – as famílias chefiadas por mulheres negras de baixa renda, por exemplo, são as mais atingidas no contexto geral.

:: LEIA MAIS »

Governador Rui Costa debate desafios do novo governo federal em Brasília

O governador Rui Costa participou, nesta terça-feira (6), de uma edição da série de debates ‘E agora, Brasil?’, promovido pelos jornais O Globo e Valor Econômico. O painel, realizado em Brasília e transmitido ao vivo pelo canal do O Globo no YouTube, abordou os desafios que serão enfrentados pelo governo do presidente eleito Luís Inácio Lula da Silva, a partir de janeiro, incluindo os cenários econômico, político e social. A mediação foi dos colunistas Miriam Leitão e Merval Pereira. Também participaram outros integrantes da equipe de transição:  Wellington Dias, ex-governador do Piauí e senador eleito; Marina Silva, ex-ministra do Meio Ambiente e deputada federal eleita; e Nelson Barbosa, ex-ministro do Planejamento e da Fazenda.

 

“A resposta para essa pergunta, ‘E Agora Brasil?’, é de uma amplitude muito grande. A primeira resposta e o primeiro grande desafio é pacificar e unir nosso país. É um grande desafio, não só do governo federal, mas de governos estaduais e, nessa pacificação, restabelecer o Pacto Federativo com a volta do diálogo entre a união e os estados, restabelecer a confiança no Brasil, a sua credibilidade internacional, que na minha opinião foi perdida ao longo dos nos últimos anos, mas é visível um novo olhar do mundo sobre o Brasil e isso vai se materializar em diversas áreas de investimentos e os primeiros sinais já se apresentam”, declarou Rui em sua apresentação inicial.

 

O debate seguiu com a participação de todos os convidados, com os mediadores abordando questões como orçamento, teto de gastos, segurança, meio ambiente e programas sociais. Perguntado sobre orçamento secreto, Rui destacou a eficiência na aplicação do dinheiro público. “No Brasil, hoje, se debate muito sobre teto de gasto. Na Bahia, nós fizemos a opção de discutir sobre a qualidade do gasto público. O orçamento secreto é negativo para o país sob todos os aspectos, não só nos aspectos morais e de transparência, mas sobre a escolha de como se gasta esse recurso”, afirmou o governador, citando exemplos bem-sucedidos da gestão estadual baiana, como as Parcerias Público-Privadas (PPPs).

:: LEIA MAIS »

Prefeitura determina uso obrigatório de máscara de proteção em Itabuna

 

O prefeito de Itabuna, Augusto Castro (PSD), por meio do decreto nº 15.209/2022 publicado no Diário Oficial do Município na edição do dia 5, determinou o uso obrigatório de máscara de proteção em diversos locais públicos e particulares. A determinação ocorreu em função do aumento do número de pessoas afetadas apela Covid-19 no município.

De acordo com Decreto,  o uso da máscara é obrigatório em hospitais e unidades de saúde, transporte público, bem como em locais de acesso como rodoviária, estação de embarque e desembarque, salões de beleza e centros de estética, bares, restaurante, lanchonetes e similares, igrejas, escolas e universidades.

Também fica obrigatório o uso do equipamento de proteção em ambientes fechados a exemplo de teatro, cinemas, museus, parques de exposição e similares.

:: LEIA MAIS »

Projeto Porto Sul é selecionado para participação em Fórum de Licenciamento Ambiental Federal do Ibama

O Fórum de Programas de Fauna do Licenciamento Ambiental Federal (LAF) de 2022, promovido pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), contará com a participação da BAMIN. O Projeto Porto Sul foi selecionado dentre 45 programas de fauna que fazem parte de licenças ambientais emitidas pelo LAF e integrará a programação do evento ao lado de mais 12 outros empreendimentos. O Fórum terá transmissão online, entre os dias 7 e 9 de dezembro, e poderá ser acompanhado pelo público geral pelos links disponíveis no site oficial da instituição: www.gov.br/ibama

Este fórum do Ibama é voltado para a certificação de iniciativas ambientais específicas para a fauna. Assim, o encontro atesta o sucesso de medidas de mitigação e compensação dos impactos, executadas em empreendimentos e projetos licenciados pelo órgão federal. O Porto Sul participará da conferência no dia 8 de dezembro, às 10h, com uma apresentação intitulada: “Programa de Afugentamento e Resgate da Fauna Terrestre – Porto Sul”.

Para Rosane Santos, diretora de Meio Ambiente, Relacionamento com Comunidades, Comunicação Corporativa e Sustentabilidade/ESG da BAMIN, a participação de um programa do Porto Sul em um evento de relevância técnica como este evidencia a consonância entre a responsabilidade socioambiental das atividades desenvolvidas pela empresa com o avançar das obras do empreendimento. “Nossas ações são baseadas em planejamentos e números. Portanto, é uma honra compartilhar informações com a equipe do Ibama, trocando experiências e saberes com outros projetos, em um processo de certificação institucional que nos dá parâmetros importantes sobre as nossas práticas com a fauna da região de Ilhéus”, completa.

:: LEIA MAIS »

Jerônimo presta solidariedade a vítimas das chuvas e destaca urgência de uma nova política ambiental

O governador eleito da Bahia, Jerônimo Rodrigues, voltou a se manifestar sobre as consequências das fortes chuvas que têm atingido diversas regiões do estado. “Reafirmo minha solidariedade a todas as vítimas das chuvas que castigam o nosso estado nos últimos dias. Tenho conversado constantemente com o governador Rui Costa, com os prefeitos e com secretários de estado sobre a situação e as medidas adotadas”, afirmou Jerônimo em publicação feita no Twitter na manhã desta terça-feira (6).

De acordo com o governador eleito, o Governo do Estado não tem poupado esforços para atender à população. “Temos a responsabilidade de estar ao lado dos municípios para a rápida reconstrução do que foi perdido e também no atendimento às famílias desabrigadas”, escreveu na rede social. Jerônimo destacou ainda que ocorrências como essas têm sido cada vez mais frequentes, o que deve “inspirar a todos sobre a urgência de uma nova política ambiental. Cuidar do planeta é proteger vidas”, concluiu.

Governador Rui Costa conclama sociedade na reconstrução do País

 

No evento , promovido pelos jornais O Globo e Valor, na manhã desta terça-feira (6), em Brasília, o governador da Bahia, Rui Costa defendeu uma ampla participação dos setores sociais para a reconstrução da nação. Ele disse ver sinais de desejo do mercado internacional de voltar a investir no país. Para Rui, os desafios são enormes, mas com união e pacificação, e sobretudo, com muito trabalho, o país sairá do mapa da fome e voltará a gerar emprego e renda para a sua população.


O governador está otimista, pois vê sinais de boa vontade do Congresso em também ajudar o novo governo. Além disso, Rui também defendeu o diálogo entre oposição e situação e a liberdade dos poderes constituídos. “Isso é respeito. E o respeito é a base da democracia”, pontuou.

(Fotos: Luana Bernardino)

Construído pelo Governo do Estado e administrado pela FESF, Hospital Materno-Infantil de Ilhéus completa um ano

 

 

Nesta terça-feira 6, o Hospital Materno-Infantil Dr. Joaquim Sampaio, em Ilhéus, completa um ano de funcionamento. Nesse período, foram realizados aproximadamente três mil partos, com cerca de 4.600 internações, contemplando, também, gestantes que fizeram algum tipo de tratamento ou passaram por alguma intercorrência que não fosse o parto. Com 105 leitos, destinados à obstetrícia, à gestação de alto risco, pediatria clínica, UTI neonatal, UTI Pediátrica e centro de parto normal, integrados à Rede Cegonha e atenção às urgências e emergências, o Materno-Infantil funciona 24 horas, tem acesso por demanda espontânea, sendo referenciado por parte significativa da região sul da Bahia. O investimento do estado foi de aproximadamente 40 milhões de reais, entre obras e equipamentos.

O HMIJS atende às regiões de Ilhéus e Valença, no baixo-sul, totalizando 20 municípios do interior baiano. No entanto, a unidade já acolheu gestantes e bebês de 89 municípios da federação, sendo 69 da Bahia e 20 de outros estados, a exemplo do Espírito Santo, Pernambuco, Goiás, São Paulo, Minas Gerais, Tocantins e Maranhão. Os boletins estatísticos do hospital apontam para a realização de mais de 30 mil exames clínicos, laboratoriais e de imagem. Já o número de consultas e atendimentos ambulatoriais ultrapassou a marca de 2.200. O número de recém-nascidos atendidos e internados na UTI Neonatal foi de 220.

 


Cuidados e humanização no atendimento

Das crianças nascidas no Hospital Infantil, 98 por cento realizaram testes da triagem neonatal, a exemplo do teste do Pezinho, Linguinha, Ouvido e Coração. Todos estes são métodos para detecção precoce de doenças nos recém-nascidos, oportuniza ágeis intervenções para a continuidade do cuidado após a alta na maternidade. Na Unidade Interligada do Cartório de Registro Civil, instalada na unidade, foram emitidas 1.110 certidões de Nascimento gratuitas até o último dia 30. Todos os bebês também saíram da unidade com o Cadastro de Pessoa Física (CPF).

No período de um ano, diversas campanhas de humanização no atendimento foram colocadas em prática pela equipe da FESF, a exemplo do Polvo Terapêutico – cujo objetivo é disponibilizar o brinquedo melhorando a frequência cardíaca e o índice de saturação de oxigênio nos bebês internados na UTI Neo – e da rede adaptada ao tamanho do paciente dentro da incubadora. A iniciativa ajuda a criança a adquirir uma posição mais confortável, simulando a posição intrauterina. Cursos de arteterapía e experiências com aromaterapia também foram disponibilizados às puérperas, cujos filhos permaneceram internados.

Visitas guiadas apresentam semanalmente a estrutura do hospital às gestantes, apresentando as possibilidades e condições oferecidas para o parto. Palestras sobre controle de natalidade ou até mesmo da convivência diária para as mães que aguardam a alta hospitalar, são permanentemente realizadas. Vacinas e acompanhamentos de pré-natal de alto risco são feitos no ambulatório da unidade.

UTI Pediátrica

Já em funcionamento, sob regulação, a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Pediátrica tem o perfil clínico, sendo composta por uma equipe multiprofissional com médicos intensivistas, enfermeiros, técnicos de enfermagem, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, psicólogos e fonoaudiólogos e, dentre as especialidades oferecidas, estão neuropediatria, gastropediatria e nefrologia infantil.

Consciência Ambiental

Situado em uma região referência da Mata Atlântica brasileira, o Hospital estabeleceu parcerias em defesa da sustentabilidade. Em 60 dias de campanha, mais de 500 mudas de pau-brasil foram doadas às crianças nascidas na instituição. Muitas deram o feddback com registros das plantações feitas nos quintais das residências. A campanha teve como objetivo sensibilizar os usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) para a importância da valorização da vida e defesa do meio ambiente. A iniciativa uniu o projeto de extensão do Horto-Florestal, desenvolvido pela Pró-Reitoria de Extensão (Proex) da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) numa parceria com a Fundação Estatal Saúde da Família (FESF SUS), gestora do hospital.


Recentemente, a FESF e a Cooperativa de Catadores Consciência Limpa (Coolimpa), assinaram um termo de cooperação e parceria visando o desenvolvimento de um programa de coleta seletiva para fins de reciclagem dos resíduos sólidos produzidos pelo hospital.

Aprendizado e troca de experiências

Para fomentar os processos de formação da educação dos profissionais e de trabalhadores da saúde, o hospital incorporou à suas ações, uma parceria com a Escola de Saúde Pública do Estado da Bahia para o recebimento de discentes provenientes das Universidades da região, onde estudantes de duas ou mais profissões ou escolas distintas, trocam experiências e aprimoram a colaboração e qualidade dos cuidados e serviços.

O próximo passo a ser dado é transformar o HMIJS na primeira maternidade da Bahia a elaborar um plano de ação para a execução de um programa de incentivo da atenção especializada para os povos indígenas do estado. O HMIJS já atende, por mês, em média, 60 gestantes que se autodeclaram indígenas. Com a iniciativa, o atendimento ganhará qualificação na prestação do serviço, respeitando contextos interculturais, cuidados tradicionais e a presença de atividades de educação permanente nas aldeias, dentre outros importantes eixos, conforme previsto em Portaria do Ministério da Saúde. Na Bahia, existem 35 mil indígenas, de 20 etnias, distribuídos em mais de 130 aldeias. Juntos, eles representam 0,5 por cento da população indígena do Brasil.

Em um ano de atividade, o HMIJS ainda é uma criança. Mas já proporciona ações inovadoras em uma região da Bahia que antes era carente de um modelo de serviço totalmente público, acolhedor e humanizado. Neste um ano, o ritmo pareceu único. Um ritmo que pede que o tempo não pare. E que a vida seja o maior sentido dessa história que está apenas começando.

Jerônimo Rodrigues parabeniza a Uesc pelos 31 anos de implantação

 

Em mensagem nas redes sociais, o governador eleito Jerônimo Rodrigues saudou a  Universidade Estadual de Santa Cruz pelos 31 anos de implantação. Jerônimo destacou o papel da Uesc pelo papel social, comprometimento com a pesquisa-ensino-extensão e o fortalecimento do ensino público.

 

Veja a nota:

 

A Universidade Estadual de Santa Cruz completa 31 anos. Parabenizo a Instituição pelo papel social que exerce no Estado da Bahia, com o seu comprometimento com a pesquisa-ensino-extensão, que perpassa os limites do Território Litoral Sul, onde foi implantada.

 

Referenciada mundialmente, a UESC vem consolidando a interiorização e democratização do ensino superior em prol do fortalecimento do ensino público, também prezando pela importante relação com a educação básica cada vez mais próxima, fortalecida e também a serviço da comunidade.

 

Parabenizo o reitor, professor Alessandro Fernandes, estudantes, professores e técnicos, na expectativa de seguirmos firmes, por mais grandes realizações, dentre outras tantas possibilidades. Vida longa à UESC! #Jero

 

https://www.instagram.com/p/ClzP4OTPMQ2/?igshid=YmMyMTA2M2Y=

 

Colaboradores do Hospital de Base participam da capacitação sobre a Nova Lei de Licitações

 

Colaboradores do Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães, administrado pela Fundação de Atenção à Saúde de Itabuna (FASI), participaram na sexta-feira e sábado,  dias 2 e 3, de uma capacitação sobre a nova legislação de licitação (Lei nº 14.133/2021), realizada pela Prefeitura de Itabuna.

Organizado pelo Comitê Técnico-Jurídico da Prefeitura, a capacitação aconteceu no auditório das Faculdades Santo Agostinho (FASA) de Itabuna. Teve como tema “Curso da Nova Lei de Licitação e Contratação Pública para Aprimoramento e Atualização de Conhecimento para Licitantes”. O auditor do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM/BA), Alessandro Prazeres Macedo, foi o palestrante.

Participaram do treinamento, os colaboradores dos setores de compras, cotação, licitação, jurídico, farmácia e controle interno. O diretor administrativo-financeiro da FASI, Vladson Cruz, destacou que uns dos requisitos básicos da nova lei são a qualificação e a segregação da função. “Os agentes de contratações precisam ser qualificados. Então, o treinamento foi de suma importância”, classificou.

:: LEIA MAIS »

Operação Luz na Infância é realizada pela Polícia Civil da Bahia

A Polícia Civil da Bahia iniciou, na manhã desta terça-feira (6), a 10ª fase da ‘Operação Luz na Infância’, de combate a exploração sexual infantojuvenil na internet. A ação, Coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), será realizada em 16 estados e cinco países.

A Delegacia de Combate e Repressão a Crimes Contra Criança e o adolescente (Dercca) cumpre mandados de busca e apreensão em dois bairros da capital baiana e no interior do Estado.

No Brasil, a operação acontece nos Estados do Amazonas, Espírito Santo, Ceará, Distrito Federal, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e São Paulo.





WebtivaHOSTING // webtiva.com.br . Webdesign da Bahia